Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

A corrida para desenvolver aviões movidos a bateria


Cada vez mais empresas investem no que acreditam ser o futuro da aviação: aviões movidos a bateria.

Uma delas é a Wright Electric, sediada nos Estados Unidos.

A empresa desenvolveu um avião 100% elétrico inteiramente movido a bateria.

As baterias podem ser facilmente removidas de suas bases de carregamento e colocadas na aeronave.

"A forma como a tecnologia atua é semelhante à de um carro elétrico", diz Jeff Engler CEO e fundador, Wright Electric.

"Há baterias que alimentam um motor elétrico e, no caso de um avião, o motor elétrico alimenta os propulsores ou as hélices, que colocam o avião no ar", acrescenta.

Já o eFusion é um monoplano de dois lugares e pode permanecer no ar por uma hora.

Ele está sendo desenvolvido pela húngara Magnus Aircraft, enquanto sua estrutura elétrica é da alemã Siemens.

"Esta tecnologia é uma das principais coisas na qual grandes companhias estão investindo hoje em dia", diz Iain Gray Diretor, da Universidade de Cranfield, no Reino Unido.

"Acredito que vamos ver, em primeiro lugar, aviões muito menores", acrescenta.

Mas este pode ser o futuro dos aviões comerciais?

Para Gary Smith, engenheiro-chefe da companhia aérea de baixo custo Easyjet, "o maior obstáculo dos aviões 100% elétricos é ter autonomia suficiente para voar uma distância razoável sem que haja uma desvantagem no peso".




fonte: BBC
SHARE
Banner

Comentar: