Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Veja por que as aéreas estão investindo em responsabilidade social


A fidelização do passageiro a uma companhia aérea poder estar relacionada a fatores que vão muito além do preço ou serviço oferecido. Isso porque hoje em dia muitos clientes optam por uma aérea considerando o papel de responsabilidade social que ela exerce.

Ao longo das últimas décadas, as companhias aéreas têm empreendido diferentes práticas ambientais sustentáveis, mas o foco continua sendo a redução da emissão de gás carbônico na atmosfera. O setor do transporte é a segunda maior causa de emissões de dióxido de carbono (CO2) no Brasil, representando 11% do total de 1.927 bilhão de toneladas – atrás apenas do setor agropecuário, segundo pesquisa realizada pelo Observatório do Clima.

De acordo com a Anac, a quantidade de gás carbônico emitida depende do tipo de aeronave, mas, em média, atinge 70 gramas por passageiro por quilômetro. Em uma viagem de ida e volta entre Porto Alegre e Recife, por exemplo, uma aeronave emite 1,9 tonelada de gás carbônico por passageiro. Essa mesma quantidade de dióxido de carbono levaria 37 anos para ser absorvida por 13 árvores da Mata Atlântica em seu processo de fotossíntese.

Mas além do meio ambiente, também está na pauta das aéreas os impactos sociais e econômicos. Confira a seguir algumas medidas que têm sido adotadas para reduzi-los.

1- Melhor comunicação aeroportuária

As aéreas estão analisando também as áreas dos aeroportos, que geralmente são congestionadas, e atividades como o reabastecimento, que aumentam as emissões. Nesse ponto, um aspecto a ser melhorado é a comunicação entre os pilotos e os controladores de voo para evitar as filas de aviões à espera de autorização para pousos e decolagens. Durante a decolagem, as aeronaves são obrigadas a voar em círculos, queimando combustível desnecessariamente.

2- Aeronaves mais eficientes e biocombustível

Já não é de hoje que as companhias estão investindo em aeronaves mais eficientes, que poluam menos a atmosfera e que emitam menos ruído. O Brasil já está cogitando o uso de combustível renovável na aviação, o que envolve energia elétrica e bioquerosene.

3- Plantação de árvores

Outra medida que costuma ser tomada é a realização de voos neutros em carbono, por meio da plantação de árvores que absorvam o equivalente à quantidade de gás carbônico emitida pela aeronave.

4- Reciclagem de material a bordo

O uso de tecidos sustentáveis nas poltronas e a redução do papel gasto a bordo são algumas das alternativas encontradas pelas companhias aéreas.

5- Apoio a programas sustentáveis e comunidades locais

Muitas empresas têm revertido parte de suas receitas a ONGs e programas de incentivo à sustentabilidade, que dão a jovens de comunidades carentes a oportunidade de ingressar no mercado de trabalho por meio de atividades em prol do meio ambiente.




fonte: panrotas


Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:

SHARE
Banner

Comentar: