Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

15 novos tratores elétricos são adquiridos pela dnata para atendimento em solo no Aeroporto de Guarulhos


Equipamentos substituíram outros dez tratores movidos à diesel. A empresa de ground handling escolheu o TLD Jet-16 por ser um trator de tração de bagagem, carga e correio que não emite poluentes

A dnata já está operando os 15 novos tratores elétricos recebidos no começo do mês de agosto. Os novos equipamentos estão sendo usados na operação da empresa de ground handling no Aeroporto Internacional de Guarulhos e foram escolhidos justamente por permitir a movimentação em solo com emissão zero de poluentes. Os tratores rebocam carretas com malas, carga e correio.



Os novos tratores elétricos substituíram 10 outros similares movidos à diesel que foram retirados de operação. A meta é trocar todos os tratores usados em Guarulhos hoje por modelos elétricos, o que vai demandar mais 29 unidades.

O Jet 16, fabricado pela TLD, também tem como diferenciais a ampla variedade de aplicações, associada à possibilidade de aceleração progressiva e alta velocidade nas grandes distâncias. O trator elétrico também é fácil de ser manobrado e oferece conforto, segurança e facilidade ao operador. Os novos equipamentos foram importados da China e o investimento total foi de R$ 1,4 milhão.

“Estamos em sintonia com a preocupação global de proteger o meio ambiente e tornar a nossa operação cada vez mais sustentável. Gradativamente, vamos substituir todos os equipamentos por mais modernos e menos poluentes”, disse Ricardo Morrison, CEO (chief executive officer) da dnata no Brasil. Só no Aeroporto Internacional de Guarulhos, a dnata atende 3.180 voos de clientes regulares todos os meses.



Sobre a dnata

Presente nos cinco continentes, a dnata opera em 84 países, em 129 aeroportos, e é uma das maiores prestadores de serviços auxiliares do mundo. Fundada em 1959, a tem mais de 400 clientes em todo o mundo e por dia atende em média 1.700 voos, movimenta 7.700 toneladas de carga, dá assistência a mais de 235 mil passageiros, entre outros.

No Brasil, a dnata está presente desde 2015, com a aquisição da RM Ground Services, e oferece serviços de ground handling em 26 aeroportos, incluindo Rio de Janeiro (GIG), Campinas (VCP) e Guarulhos, onde está hoje a maior operação da companhia. 




fonte: Egom PR Agency
SHARE
Banner

Comentar: