Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Emirates será parceira oficial da Ryder Cup em 2018


A Emirates e o European Tour renovaram sua parceria por mais quatro anos, para até 2021. O novo acordo torna a Emirates parceira oficial da Ryder Cup de 2018. A 48ª edição da Ryder Cup, que ocorrerá no Le Golf National, na França, em setembro de 2018, receberá 24 dos principais jogadores de golfe da Europa e dos Estados Unidos.

A renovação do acordo mantém a Emirates como patrocinadora dos nove eventos da turnê europeia que culminarão no prestigiado DP World Tour Championship em Dubai. São eles: BMW PGA Championship, Nordea Masters, D+D Real Czech Masters, Aberdeen Asset Management Scottish Open, Portugal Masters, Italian Open, Joburg Open, South Africa Open Championship e o Nelson Mandella Championship.

“Estamos felizes em anunciar a continuidade da nossa parceria com o European Tour”, afirma Sir Tim Clark, presidente da Emirates Airline. “O golfe é um dos esportes mais populares do mundo, e a Emirates orgulhosamente conecta os esportistas com os fãs, bem como com os principais eventos do golfe mundial em destinos ao redor do mundo.”

“Estamos entusiasmados em dar continuidade à nossa parceria com a Emirates no European Tour até 2021, e também damos as boas-vindas à companhia a bordo da parceria oficial da Ryder Cup de 2018”, diz Keith Pelley, CEO da European Tour. “Não tenho dúvidas de que a continuidade da nossa parceria com uma marca global tão bem estabelecida e reconhecida, com vasta experiência no mercado de patrocínio esportivo, será imensamente benéfico não apenas ao European Tour, mas também à Ryder Cup.”

A Emirates apoia 19 eventos do calendário internacional do European Tour, e também a Race to Dubai, na qual o vencedor receberá o título de “European Number One” ao final da temporada. O atual campeão da Race to Dubai é o sueco Henrik Stenson. Dentre os outros jogadores que já receberam o título estão Lee Westwood, Martin Kaymer, Luke Donald e Rory Mcllroy.




fonte: Emirates
SHARE
Banner

Comentar: