Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

American Airlines deve ter tarifa ''supereconômica'' em breve, revela diretor


A American Airlines cogita reduzir as tarifas de seus voos para a Europa a partir do ano que vem, anunciou o vice-presidente de gestão de receita da aérea, Don Casey, (28/08). A ideia é lançar uma classe tarifária “supereconômica” que não ofereça, diferente das demais, o leque de serviços a bordo. Ainda não se sabe se a tarifa poderá incluir voos para outros países futuramente.

De acordo com o Skift, que noticiou o anúncio do presidente, a aérea deve mudar alguns aspectos da classe Basic Economy recém-lançada para lançar a nova tarifa, que será “similar”. Essa tarifa da American já não inclui bagagem de mão grande e nem a reserva prévia de assentos no voo – e a nova deve desagregar ainda mais serviços.

“A estratégia de desconstruir o produto e criar oportunidades de venda é algo que vai funcionar além dos mercados domésticos. Nossa expectativa é de que no próximo ano nós já tenhamos um produto desses para o mercado transatlântico”, disse o diretor.

Essa é uma estratégia da empresa de acompanhar a tendência de outras aéreas, principalmente as low cost, cujos preços já são muito mais baixos. As concorrentes têm aumentado o número de assentos preenchidos em seus voos em cerca de 7 a 9% neste ano, crescimento ligado aos descontos oferecidos nas passagens.

“Por agora, o objetivo da American é de preparar seus preços e oferecer mais extras do que as aéreas low-cost. Entretanto, segundo Casey, ela pode optar por escolher vender produtos mais consistentes com o que as demais vendem”, disse o site.




fonte: InfoMoney via msn notícias
SHARE
Banner

Comentar: