Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Wi-fi a bordo já é decisivo para escolha de cia aérea


A empresa global de comunicações por satélite móvel, Inmarsat, publicou o resultado de sua pesquisa anual, com base em comentários de nove mil passageiros de 18 países da Europa, Oriente Médio, Ásia-Pacífico e Norte e América Latina.

Entre os destaques, 44% dos entrevistados mudariam de companhia aérea se o wi-fi não estiver disponível a bordo. "O wi-fi de alta qualidade está mudando a maneira como as pessoas pensam sobre o voo e como elas passam seu tempo no ar”, diz o presidente da Inmarsat Aviation, Leo Mondale.

"A pesquisa anual tornou-se um barômetro para o sentimento do passageiro. A deste ano revela que 60% acreditam que o wi-fi é uma necessidade e não um luxo. Isso só vai aumentar à medida que mais pessoas experimentarem a conectividade a bordo", completa.

O serviço tornou-se uma das três principais considerações ao escolher uma empresa, após o preço da passagem (53%) e os horários (44%), entre os 40% dos viajantes que já voaram com wi-fi a bordo.

Em voos de longa distância, 89% dos passageiros estão dispostos a pagar pelo sinal. Quem pagaria mais fácil pelo wi-fi está na faixa etária de 25 a 34 anos, além de pais que viajam com crianças e consumidores da Ásia-Pacífico e Estados Unidos.

Dos passageiros que já experimentaram o serviço, 61% dizem que é mais importante para eles do que o entretenimento a bordo e 45% preferem pagar pelo wi-fi do que usar o entretenimento gratuito. A falta de sinal durante os voos é uma das principais frustrações de 56% dos passageiros.

A pesquisa indica também que 66% dos pais que viajam com crianças disseram que a internet é um "salvador de vida", pois ajuda a manter os pequenos ocupados. E mais da metade dos viajantes a negócios que usaram wi-fi dizem que o serviço melhora a experiência. O estudo completo está disponível para download neste link.




fonte: panrotas
SHARE
Banner

Comentar: