Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Livros serão distribuídos no Aeroporto de Curitiba


Nesta terça-feira (25/7), Dia do Escritor, quem passar pelo Aeroporto Internacional de Curitiba/São José dos Pinhais - Afonso Pena (PR) poderá encontrar no terminal livros gratuitos disponíveis para leitura com uma única condição: serem devolvidos em locais públicos para que outras pessoas possam acessá-los. A ação terá início às 10h e se estenderá até as 12h, tendo como ponto de referência a sala de embarque. O projeto Viajando na Leitura, do Grupo Projetos de Leitura, é realizado em parceria com o Instituto Pegaí Leitura Grátis e a Infraero.

Serão distribuídos 500 exemplares para o público infantil, juvenil e adulto, que trarão na capa um adesivo “Leia-me e me esqueça por aí”. “A ideia é que os usuários leiam durante as viagens, levem o livro para ler com os filhos e depois deixem em um terminal de ônibus, aeroporto ou outro local público, para que outras pessoas tenham oportunidade de leitura”, explica Idomar Augusto Cerutti, coordenador da ação no Aeroporto de Curitiba.

Para Laé de Souza, autor do projeto, o contato com os livros permite ao indivíduo desenvolver a ortografia, a imaginação, a criatividade e a possibilidade de desfrutar de muitas histórias interessantes. “Sair para o trabalho, passeio ou voltar para casa e receber um livro pode criar curiosidade e despertar o interesse pela literatura e, quem sabe?, criar o hábito de os pais lerem com os filhos. Por que não?”, questiona.

Grupo Projetos de Leitura

O grupo Projetos de Leitura existe desde 1998 e promove vários programasde incentivo à leitura em todo o território nacional, aprovados pelo Ministério da Cultura. O idealizador, Laé de Souza, é cronista, dramaturgo e produtor cultural.

Sobre o Instituto Pegaí Leitura Grátis

O Instituto Pegaí Leitura Grátis mantém em municípios do Paraná uma proposta de democratização de leitura, com estantes de livros em espaços de acesso público para que a população os empreste, sem nenhum tipo de cadastro, e depois os devolva. Além do Pegaí Leitura Grátis, o Instituto mantém o Hospital de Livros que funciona na Penitenciária Estadual de Ponta Grossa. Lá, apenados que foram capacitados como restauradores fazem a recuperação de obras. 




fonte: infraero
SHARE
Banner

Comentar: