.

.

Arquivo

Navigation

Afonso Pena autorizado a receber operações do Boeing 747-800F


Em maio deste ano, o Aeroporto Internacional de Curitiba – São José dos Pinhais/Afonso Pena (PR) recebeu autorização, por meio da Portaria nº 1472 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), para receber aeronaves do tipo 4F, como o Boeing 747-800F - maiores do que aquelas que normalmente operam no terminal paranaense. E no último dia 31/5, o Boeing 747-800F da empresa aérea Cargolux, fez a estreia desse tipo de equipamento no Afonso Pena. 

Para ser ter uma ideia da complexidade dessa operação, o Boeing 737-800, bastante utilizado pelas empresas aéreas no Brasil, tem envergadura (distância de uma ponta de asa à outra) de 34 metros; o Boeing 747-800F tem quase o dobro de envergadura: 64 metros.

No segundo pouso do cargueiro da Cargolux, realizado em 2/6, a aeronave foi “batizada” pelos caminhões da Seção de Combate a Incêndio do Afonso Pena.



O diretor da BRA IR Serviços Auxiliares de Transporte Aéreo e representante da Cargolux, Ubiratan Rayel, falou sobre a vinda deste novo modelo de aeronave para Curitiba. “Com aviões deste porte as vantagens são enormes para as empresas. Este Boeing tem capacidade para 150 toneladas, aproximadamente 50% a mais do que o Boeing 747-400F, e ainda gasta menos combustível. Também gostaria de ressaltar que a agilidade de liberação das mercadorias, com o apoio da Infraero e de outros órgãos envolvidos, é excelente em Curitiba. Chegamos a liberar mercadorias em duas horas”, destacou.

O superintendente do Afonso Pena, Antonio Filipe Bergmann Barcellos, agradeceu a todos os profissionais que possibilitaram essa conquista. “Este é o resultado do trabalho, do empenho e da dedicação de todos que se envolveram no processo nos últimos quatro anos”, ressaltou. 



fonte: infraero
SHARE
Banner

Comentar: