Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Astronauta Peggy Whitson bate recorde americano de tempo no espaço e recebe ligação de Trump

Astronauta Peggy Whitson quebrou o recorde de americana a ficar mais tempo no espaço (Foto: Nasa/Divulgação)

Astronauta da Nasa completou 534 dias no espaço. Donald Trump e sua filha Ivanka ligaram para a estação espacial para parabenizá-la na manhã desta segunda.


A astronauta Peggy Whitson, de 57 anos, se tornou a americana a passar mais tempo no espaço. Na madrugada desta segunda-feira (24), mais precisamente às 2h27 (horário de Brasília), Peggy completou 534 dias, 2 horas e 49 minutos no espaço ao longo de três missões de longa duração a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS), batendo o recorde do astronauta Jeff Williams.

Este não é o primeiro recorde da astronauta da Nasa: ela já detinha os recordes de mulher que passou mais tempo no espaço e mulher que passou mais tempo fazendo caminhadas no espaço. Em 2008, ela se tornou a primeira mulher a ser comandante da ISS e, em 9 de abril, passou a ser a primeira mulher a comandar a estação espacial por duas vezes.

Na manhã desta segunda, o presidente Donald Trump e sua filha Ivanka ligaram para a ISS para congratular Peggy, em uma conversa transmitida ao vivo pela TV Nasa.

Presidente americano, Donald Trump, e sua filha Ivanka fazem vídeo conferência com a astronatua Peggy Whitson nesta segunda-feira (Foto: REUTERS/Kevin Lamarque)


Durante a convesa, Trump parabenizou a astronauta e afirmou que estava muito orgulhoso de seu feito. O presidente também fez perguntas sobre as oportunidades no espaço para futuros cientistas e empreendedores, falou sobre as aplicações militares das pesquisas espaciais e questionou a tripulação da ISS sobre a perspectiva de enviar pessoas a Marte. "Vocês estão prontos para ir para Marte?", perguntou Trump.

Em março, Trump assinou um decreto autorizando uma verba de 19,5 bilhões de dólares para a Nasa, que trabalha com a perspectiva de enviar humanos para Marte na década de 2030. Ivanka lembrou que seu pai assinou recentemente dois decretos com o objetivo de estimular mulheres a se dedicarem a carreiras em ciência e tecnologia.

Peggy Whitson, de 57 anos, já passou 534 dias no espaço (Foto: Nasa/Divulgação)


Peggy contou para o presidente sobre suas atividades no espaço e descreveu alguns experimentos, como o que permite transformar urina em água potável.

Sua atual estadia no espaço, para as Expedições 50/51, começou no dia 17 de novembro de 2016 e deve se estender até setembro. Ao retornar à Terra, ela terá passado mais de 650 dias no espaço.

Peggy viajou ao espaço pela primeira vez em 2002, quando chegou à estação espacial a bordo do ônibus espacial Endeavour para fazer parte da Expedição 5. Foram 184 dias no espaço, período em que participou de 21 pesquisas científicas. A segunda viagem espacial de Peggy ocorreu em 2008, quando retornou como comandante da Expedição 16 e ficou mais 194 dias no espaço.

Enquanto Peggy agora detém o recorde americano de tempo no espaço, o astronauta a deter o recorde mundial é o russo Gennady Ivanovich Padalka, que permaneceu, ao todo, 879 dias no espaço em missões tanto na estação espacial MIR quanto na Estação Espacial Internacional.




fonte: G1
SHARE
Banner

Comentar: