Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Rússia construirá helicópteros superpotentes para sua Marinha




Vários dos helicópteros mais avançados do mundo, incluindo o Ka-52K, o Ka-31R e o Ka-226T, entrarão em serviço da Marinha da Rússia até 2025, relata o Ministério da Defesa do país.


O Ministério da Defesa russo disse, no início desta semana, que versões muito modificadas de vários helicópteros embarcados devem ser colocadas em serviço da Marinha da Rússia até 2025.

Estes incluem o Ka-52K Katran, um helicóptero de reconhecimento e combate, o Ka-31R, helicóptero de alerta precoce, e o Ka-226T, helicóptero multifuncional que pode ser colocado em navios menores.

Em entrevista à Sputnik, Viktor Pryadka, especialista militar russo e diretor-geral da Aliança de Tecnologia de Aviação Avintel, disse que os helicópteros serão enviados para as mais novas fragatas, corvetas e navios de patrulha que serão entregues à Marinha russa.

Ele explicou que a necessidade em helicópteros embarcados sofisticados surgiu devido às mudanças na Marinha da Rússia e especificou a necessidade de aparelhos de combate, aviso aéreo de alerta precoce e guerra antissubmarino.

"A implantação de helicópteros pode aumentar a capacidade de detecção pelo piloto e para combater vários tipos de armas inimigas. As três modificações [dos helicópteros] são apenas necessárias para detectar, controlar e destruir esses tipos de armas", disse Pryadka.

Segundo ele, os novos helicópteros estão atualmente em processo de fornecimento à Marinha Russa.

"Na verdade, os helicópteros já estão sendo produzidos em série e a entrega [para a Marinha Russa] provavelmente já começou", disse Pryadka, acrescentando que a linha de montagem já existe e foi depurada em modificações anteriores.

Ele também disse que a experiência síria foi levada em conta durante a produção dos helicópteros.

"Na Síria, foi possível treinar durante vários meses as missões de combate de aviões e helicópteros embarcados em porta-aviões. Esta experiência prática de combate irá melhorar a construção de helicópteros com as modificações e características de desempenho necessárias", concluiu Pryadka.

No mês passado, o jornal russo Rossiyskaya Gazeta informou que a Rússia testou com sucesso seu mais recente helicóptero de reconhecimento e combate Ka-52K Katran durante a recente campanha no Mediterrâneo do porta-aviões Admiral Kuznetsov.

O capitão do Admiral Kuznetsov, Sergei Artamonov, teceu elogios ao Ka-52K, chamando-o de "o melhor do seu gênero".

"Os voos de teste que realizamos durante a campanha mostraram que este helicóptero tem um grande potencial como arma e como elemento importante do nosso poder aeronaval", disse Artamonov em um documentário exibido pela rede russa Rossiya-24.

O poder de fogo do Ka-52K é notavelmente maior quando comparado com o de seu homólogo terrestre.

Ele pode ser armado com torpedos, cargas de profundidade e mesmo mísseis pesados capazes de afundar um navio de guerra inimigo. O helicóptero está equipado com um sistema de orientação por feixe de laser e o sistema de processamento de vídeo Okhotnik.

O helicóptero pode ser ainda melhorado para transportar mísseis antinavio Kh1AD e Kh35, que são atualmente utilizados por aviões Su-30, Su-35 e MiG-29K e são capazes de infligir graves danos, mesmo em porta-aviões.



fonte: sputniknews
SHARE
Banner

Comentar: