Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Sistema de aproximação de precisão começa a funcionar no Aeroporto de Carlos Prates


Entrou em operação no Aeroporto de Belo Horizonte/Carlos Prates (MG) o Sistema Indicador de Rampa de Aproximação de Precisão (Papi). A homologação, pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea) do Comando da Aeronáutica, foi publicada na quinta-feira (17/11). Esse sistema de auxílio visual à navegação aérea é constituído por quatro aparelhos de iluminação, com focos calibrados, instalados ao lado esquerdo da cabeceira 09 da pista de pouso e decolagem. O objetivo é informar aos pilotos sobre a altitude ideal da aeronave na fase de aproximação para pouso.

Além disso, o funcionamento desses equipamentos reforça o nível de segurança às operações. Em cada uma das quatro caixas que integram o Papi há um sistema óptico de luzes que alternam entre o branco e o vermelho. De acordo com o ângulo de aproximação do avião, as luzes podem variar. Se estão acesas as quatro vermelhas, o avião está muito abaixo do percurso de aproximação (ângulo de descida baixo); se há três vermelhas e uma branca, o avião ainda está abaixo do percurso de aproximação. No caso de duas vermelhas e duas brancas, o avião está no percurso de aproximação correto (ângulo de descida ideal); uma vermelha e três brancas, o avião está acima do percurso de aproximação (ângulo de descida alto). Agora, quando as quatro brancas estão acesas, o avião está bastante acima do percurso de aproximação (ângulo de descida alto), no chamado sistema quatro luzes.

O Aeroporto de Carlos Prates é voltado apenas para aviação geral e conta com um elevado número de operações realizadas por alunos de escolas de aviação. Em média, são registrados 1.449 movimentos de pouso e decolagens de voos de instrução por mês.




fonte: Assessoria de Imprensa – Infraero via santa fé ideias
SHARE
Banner

Comentar: