.

.

Arquivo

Navigation

EUA: Tráfego internacional cresce 6% e ultrapassa os 129 milhões de passageiros


Se tem um destino que faz inveja com relação ao crescimento exponencial e frequente de turistas estrangeiros, este destino são os Estados Unidos. De acordo com o novo relatório divulgado pelo Escritório Nacional de Turismo e Viagens dos EUA, o tráfego internacional de/para o país chegou a 129,96 milhões de passageiros durante os primeiros sete meses do ano (janeiro a julho), um aumento de 6% com relação ao mesmo período de 2015.

Se contarmos somente os cidadãos norte-americanos, foram cerca de 61,1 milhões de passageiros no período, aumento de 9% com relação ao ano anterior, o que compreende exatos 47% do tráfego total. Por outro lado, exatos 67,8 milhões de viajantes que não são norte-americanos também passaram por algum aeroporto nacional, aumento de 3% com relação ao mesmo período do ano passado e representando atuais 53% de marketshare.

Somente as companhias norte-americanas transportaram 64 milhões de passageiros, aumento de 3%, enquanto as companhias internacionais superaram este número e chegaram a 65 milhões de pessoas embarcadas, aumento exponencial de 9%, três vezes mais do que o crescimento entre as companhias nacionais. Os números também são válidos pelo período de janeiro a julho e comparados com o mesmo período do ano passado.



Com relação à América do Sul, exatos 9,14 milhões de passageiros embarcaram para ou dos Estados Unidos, o que representa atualmente 7% de todas as viagens internacionais, um crescimento saudável de 3,9% influenciado, também, pelo ano olímpico, embora os Jogos só tenham acontecido no mês de agosto. O maior crescimento, no entanto, vem do Oriente Médio, de 13,2% com relação ao ano passado na movimentação de turistas. A Europa também merece destaque, já que representa atualmente 27% das viagens internacionais de/para os EUA.io

Os 10 aeroportos internacionais que mais embarcaram e desembarcaram passageiros de/para os EUA





fonte: mercadoeeventos
SHARE
Banner

Comentar: