.

.

Arquivo

Navigation

Demanda por aeronaves faz CFM dobrar produção de motores LEAP até 2018


Enquanto as maiores fabricantes de aeronaves comerciais já preveem o aumento significativo da demanda por equipamentos single-aisle para os próximos 20 anos, as fabricantes de motores para estes jatos, por sua vez, estão demasiadamente preocupadas. O exemplo é a CFM International, dona dos motores LEAP, que será obrigada a mais do que dobrar a produção até 2018. Como a própria empresa já classificou, este aumento exponencial na produção será assustador, mas segue confiante na capacidade do seu time de alcançar as metas estabelecidas.

Durante uma conferência realizada no último dia 10 de novembro, a diretora Cristina Seda-Hoelle explicou que a CFM está passando por diversas etapas preparatórias consideradas extensivas, a fim de assegurar o aumento da produção, o que incluirá uma escala de produção jamais vista na empresa.

A empresa produzirá somente este ano cerca de 100 motores LEAP. No entanto, com a chegada do B737 MAX e o aumento de produção do A320neo, aeronave que já está em serviço, mais de 500 motores LEAPs são esperados para 2017 (entre 1A e 1B). O número mais do que dobrará em 2018, com mais de 1.100 motores produzidos.

O que faz o aumento de produção ser mais desafiador é o serviço terceirizado. Cerca de 75% do motor vem de diversas outras fabricantes. “É muito mais do que já fizemos no passado”, comenta Seda-Hoelle, em relação ao aumento exponencial de produção. “É um grande caminho para chegarmos lá. Estamos confiantes que nosso time irá executar a meta no tempo certo”, completou a diretora.




fonte: mercado e eventos



SHARE
Banner

Comentar: