Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Europa investirá US$ 1,1 trilhão em 7.500 novas aeronaves até 2035, diz Boeing

Até lá, a família B777-9X já terá mais de uma década de sucesso

A Boeing parece bem otimista com relação ao futuro do mercado europeu de aviação comercial. De acordo com as suas previsões divulgadas nesta quarta-feira (19), o Velho Continente gastará cerca de US$ 1,1 trilhão em novas aeronaves nos próximos 20 anos, muito por conta do “boom” no transporte aéreo, que vem se tornando uma opção cada vez mais comum entre os viajantes, e do crescimento exponencial das companhias low-cost. Até 2035, a demanda por novas aeronaves deve chegar a 7.500 unidades, com a maioria das encomendas por single-aisle.

Para se ter uma noção, as companhias europeias adquiriram mais de 240 novas aeronaves em 2015, sendo 67% equipamentos single-aisle de voos de curta duração. Até 2035, embora o número seja faraônico, a Boeing acredita que 80% das encomendas serão realizadas por companhias menores, a um custo total de US$ 640 bilhões.

Como resultado, a frota total europeia deve pular de 3.300 aeronave para mais de 6.000 equipamentos single-aisle nos próximos 20 anos, sem falar nas cerca de 43% aeronaves que precisarão ser substituídas. O crescimento só é exponencial desta maneira porque a Boeing acredita que o tráfego vai crescer 6 pontos percentuais até 2035.



fonte: mercado e eventos
SHARE
Banner

Comentar: