Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

PDV da Embraer tem adesão de 1,4 mil funcionários nas plantas no Brasil


Demissões começam em 1º de outubro; pedidos de adesão são analisados.
Medida faz parte do pacote para economia de US$ 200 milhões ao ano.



O Plano de Demissão Voluntária (PDV) da Embraer teve a adesão de 1.470 funcionários nas unidades que a fabricante de aviões tem no país. Os desligamentos devem ser feitos a partir do dia 1º de outubro.

A empresa não divulgou uma meta de dispensas, mas o PDV integra um pacote de ações que a fabricante de aeronaves adota para reduzir em cerca de US$ 200 milhões ao ano as despesas da companhia.

O PDV foi aberto dia 23 de agosto em todas as unidades da empresa no Brasil. As inscrições terminaram dia 14 de setembro .

Segundo a Embraer, as intenções de adesão ao plano serão avaliadas individualmente até o próximo dia 23 e os funcionários considerados aptos serão demitidos. A empresa não informou a quantidade de pedidos por planta.

Segundo o Sindicatos dos Metalúrgicos, que representa os trabalhadores em São José dos Campos, onde é a sede da empresa, foram pelo menos 600 adesões ao PDV.

O pacote previa além do pagamento rescisório aos demitidos, também indenização de 40% do salário nominal, sendo proporcional ao tempo de empresa; direito a seis meses de plano de saúde e odontológico e apoio em programas de palestras e workshops de qualificação.

Nas fábricas e subsidiárias, como a Eleb, que mantém no Brasil e no exterior, a Embraer tem atualmemente cerca 19 mil empregados - sendo 13 mil em São José dos Campos. As fábricas no Brasil ficam, além de duas em São José, também em Taubaté, Sorocaba, Botucatu e Gavião Peixoto

Sindicato

O sindicato informou que mantém seu posicionamento contrário ao PDV. "As demissões são desnecessárias e fruto da política da desnacionalização da Embraer e do envolvimento da empresa num caso de corrupção investigado pelo Ministério Público Federal do Rio de Janeiro", defende a entidade.

O sindicato informou também que deu início a uma campanha em defesa do emprego e que vai cobrar intervenção dos governos federal, estadual e municipal para barrar o processo de demissão.

Crise

No último trimestre, a Embraer sofreu prejuízo de R$ 337,3 milhões, revertendo resultado positivo, de R$ 399,6 milhões obtidos no mesmo período do ano passado. A companhia também cortou estimativas para entregas de aviões executivos e comerciais.

Com isso, a projeção de receitas líquidas neste ano teve queda para o intervalo de US$ 1,6 bilhão a US$ 1,75 bilhão ante previsão anterior de US$ 1,75 bilhão a US$ 1,9 bilhão. Nos últimos seis meses, o consumo de caixa da companhia foi de US$ 600 milhões.




fonte: G1




SHARE
Banner

Comentar: