Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Como usar WhatsApp e internet nas viagens internacionais?

Para a sorte dos viajantes, estamos em 2016 e a tecnologia nos surpreende a cada instante

Quando nos aventuramos em viagens internacionais a comunicação é inevitavelmente um problema. Em pleno século 21, a necessidade de acessar a internet, seja para entrar em contato com a família, ver mapas ou simplesmente publicar aquela foto especial nas redes sociais, é grande. Nem sempre, no entanto, é fácil conseguir acesso, especialmente se tratando de outro país. Mas, para a sorte dos viajantes, estamos em 2016 e a tecnologia nos surpreende a cada instante. Por isso, hoje, basta saber as ferramentas certas para não ficar sem usar WhatsApp nem internet no geral ao atravessar fronteiras.



Antes de desembarcar no destino final e poder ficar online na rede, é bom saber as opções que você tem. Uma alternativa bem comum e prática, mas que pode sair cara, é utilizar o roaming internacional. Este serviço permite falar, enviar SMS e acessar a internet com a operadora que você usa no seu país de origem, por meio da rede de operadoras parceiras. Um ponto positivo é que o número é mantido. Para quem quiser economizar, porém, essa não é uma boa escolha, já que o custo é, em média, de R$ 30 por dia.

A opção mais comum é comprar um SIM Card no exterior


A opção mais comum é comprar um chip local (chamado de SIM Card no exterior) no próprio aeroporto, após o desembarque. Na hora da compra a pessoa escolhe o plano (pré ou pós pago), assim como o que deseja ter direito, entre internet ilimitada, ligação nacional/internacional etc. Neste caso, não esqueça de desligar o roaming internacional nas configurações do seu celular ao chegar no destino final para a operadora não cobrar tarifas. Outra recomendação importante é não atender ligações do seu país, uma vez que a cobrança será equivalente a um serviço internacional, o que pode ter um preço salgado.

O melhor desta opção é que os descontos nas tarifas podem chegar a 70% em relação ao valor do roaming. Mas atenção, viajante! Se for fazer um mochilão por vários países é preciso estar atento, uma vez que esses chips, muitas vezes, não atravessam fronteiras. Isso quer dizer que se você estiver no Reino Unido, por exemplo, e seguir para a Europa (ou vice versa), talvez seja preciso comprar um chip em cada lugar.

Para quem estiver mais interessado em poder se comunicar pelo WhatsApp uma novidade é o WhatSim card. Compatível com 400 operadoras de telefonia móvel em funcionamento em 150 países, o serviço dispensa a necessidade de conexão à internet, seja por plano de dados (3G/4G) ou wi-fi. É uma ótima opção para aqueles que não querem ficar dependentes de wi-fi aberto ou gastar rios de dinheiro com o pagamento de tarifas do roaming.

Pelo WhatSim card dispensa a necessidade de conexão à internet


O WhatSim card permite a comunicação por mensagens de textos, utilizando seu número de cadastro no Whatsapp. O chip custa 10 euros e o frete cerca de 5 euros. Por GPS, o smartphone atualiza a localização e, automaticamente, o WhatSim busca redes e provedores disponíveis com o melhor sinal de internet, sem emitir nenhuma notificação.

Uma última opção, ainda pouco conhecida dos viajantes, mas que está conquistando cada vez mais o mundo tecnológico de quem viaja, é o chip da EasySIM 4U. Revendedora de uma das maiores operadoras americanas de telefonia celular, a T-Mobile, que oferece um chip internacional pré pago para usar nos Estados Unidos e Canadá, agora também tem plano de internet com cobertura em até 140 países, incluindo Europa, Ásia, Oceania, Caribe e América do Sul. Com ele, você já sai do seu país de origem com um chip novo no celular e, ao chegar, basta ligar o aparelho.

Viajar e não conseguir se comunicar não tem graça, né?


Por fim, vale lembrar que se você tem um smartphone, não é necessário trocar o chip para pagar pouco. Basta aproveitar os pontos de internet wi-fi em cafeterias e aeroportos, por exemplo, para fazer o download gratuito dos aplicativos Skype, Viber ou WhatsApp, que permitem se comunicar com quem tem os mesmos programas. A única desvantagem é que você não terá acesso à internet em qualquer lugar.




fonte: msn notícias via Pure Viagem


Gostou do conteúdo? Em nossa página tem mais:


SHARE
Banner

Comentar: