Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Aplicativo inovador da Delta ajuda pilotos a visualizarem e evitarem turbulências


A turbulência é um fenômeno que sempre incomodou pilotos em todo o mundo e de acordo com o estudo Weather Accident Prevention Project da NASA (estudo para prevenção de acidentes relacionados a condições meteorológicas, em inglês), as turbulências custam aproximadamente US$ 100 milhões às companhias aéreas todos os anos. Ela também é responsável por incomodar clientes e a tripulação de bordo e, em alguns casos raros, pode até causar pancadas nas pessoas a bordo.

Prever quando e onde ela irá acontecer e a intensidade da turbulência é algo muito difícil, mas a Delta desenvolveu um novo aplicativo líder de indústria que está ajudando os pilotos a visualizarem e evitarem as turbulências.

Lançado em abril, o aplicativo Flight Weather Viewer da Delta oferece aos pilotos gráficos de turbulências e previsões em tempo real na cabine de comando.

“A Delta pode se beneficiar de uma convergência de tecnologia acessível (por exemplo, tablet, dados meteorológicos aprimorados e conectividade de aeronaves) para desenvolver uma maneira inovadora de informar condições climáticas aos pilotos”, disse o capitão Steve Dickson, vice-presidente sênior de Operações de Voo. “Esta abordagem permite que nossas tripulações tomem decisões informadas para um voo mais seguro, uma operação mais eficiente e uma melhor experiência aos passageiros”.

O aplicativo, desenvolvido em parceria com a empresa Basic Commerce and Industries (BCI), permite que pilotos conectem seu plano de voo e visualizem onde a turbulência está e como ela será encontrada em um mapa colorido 3D e escala 0-100.

O sistema utiliza algoritmos especiais de sensores aviônicos instalados em mais de 300 aeronaves da frota da companhia aérea, para combinar dados dos acelerômetros verticais com dados do estado atmosférico, incluindo fatores como inclinação, rotação e velocidade do vento, gerando relatórios sobre as turbulências. Estes relatórios são enviados para modelos de previsões e ficam disponíveis no aplicativo em tempo real. Pilotos podem mandar alertas de ameaças durante a sua rota, o que aciona notificações em áudio e visuais, sinalizando quando uma área de turbulência se encontra à frente, quando a sinalização de cinto de segurança deve ser acesa e quando a cabine necessita de atenção.



A grande diferença entre o aplicativo da Delta e tecnologias similares é que os dados são personalizados por tipo de aeronave, afinal uma turbulência afeta uma aeronave 737 de fuselagem estreita de maneira diferente de uma muito maior, como o A330. O aplicativo também está disponível em tempo real, graças à conectividade rápida e segura da rede de wi-fi de bordo da Gogo, em vez do tradicional sistema digital ACARS que está em atuação desde o final dos anos de 1970.

Tradicionalmente, antes do voo os pilotos recebem instruções sobre condições climáticas previstas. Estas instruções incluem relatórios de pilotos, também conhecidos como PIREPS, com informações limitadas, subjetivas e às vezes até desatualizadas. Como os tablets (ou bagagens de voos eletrônicas) substituíram gráficos de papel e manuais, os pilotos têm utilizado aplicativos na cabine de voo. A Delta começou a trabalhar com seus tablets Microsoft Surface em 2013.

Os pilotos da Delta se voluntariaram para testar o aplicativo desde janeiro e muitos disseram que ele iria transformar a indústria.

“O aplicativo Flight Weather Viewer se tornou uma ferramenta valiosa. É o aprimoramento mais incrível de conhecimento de situações durante o voo desde o desenvolvimento da cabine de comando de vidro e do FMC (computador de gerenciamento de voo)”, disse o co-piloto Jason Rice. “As previsões são precisas, os relatórios são objetivos e indicam condições reais, e a funcionalidade do aplicativo torna o acesso às informações muito mais fácil... Nós avançamos muito em relação à segurança e conforto do passageiro”.

Despachantes de voos e a equipe de 25 meteorologistas da Delta também estão capacitados com esta nova e aperfeiçoada ferramenta, que oferece atualizações de alertas sobre riscos relacionados às condições climáticas em todo o mundo com maior frequência.

A Delta espera observar uma queda significante no número de lesões e manutenções provocadas por conta de turbulências.

Espera-se também que o aplicativo reduza a emissão de carbono da companhia aérea, pois os pilotos não precisarão utilizar mais combustível para alterar a velocidade ou altitude em busca de melhores condições climáticas. Esta abordagem única de oferecer relatórios e previsões sobre turbulências em tempo real à cabine de comando foi patenteada e reconhecida pelo NTSB (organização responsável pela investigação de acidentes aéreos), pela FAA (Administração Federal de Aviação) e pelo National Center for Atmospheric Research (Centro Nacional de Pesquisas Atmosféricas). Entre 2013 e 2014, a FAA ofereceu suporte a uma versão demo do aplicativo para validar esta nova tecnologia.

Atualmente, a Delta tem o algoritmo reportando turbulências instalado em sua frota de aeronaves 737 e 767 e planeja expandir para aeronaves maiores que fazem voos internacionais, ao adicionar à frota de 777 e A330 em um futuro próximo. Na fase dois do projeto do aplicativo, os desenvolvedores esperam adicionar detecção para diversos outros tipos de interferências climáticas, como raios, granizo e até mesmo cinzas vulcânicas.



fonte: llorenteycuenca
SHARE
Banner

Comentar: