Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Bebê a bordo: mulher entra em trabalho de parto e dá à luz em pleno voo


O avião da Dubai Cebu Pacific rumo à Manila, capital das Filipinas, tinha tudo para levar seus passageiros tranquilamente e sem quaisquer tipos de ocorrências até o seu destino.

No entanto, o que os passageiros e a tripulação não contavam era que uma passageira que estava grávida fosse entrar em trabalho de parto e dar à luz em pleno voo.

Nascida para voar!

Missy Berberabe Umandal, passageira que testemunhou o acontecimento, conta que a gestante começou a ter contrações depois que o avião já havia decolado, mas ainda estava há cinco horas das Filipinas.

Simplesmente não havia o que fazer. De acordo com a gestante, a data prevista para o nascimento do bebê era outubro e as contrações a pegaram totalmente de surpresa.

“As comissárias começaram a pedir assistência média e, por sorte, haviam enfermeiras entre os outros passageiros. A cabeça do bebê já estava aparecendo, então ela foi levada para uma área mais espaçosa na parte dianteira do avião”, contou Umandal em uma publicação em seu perfil do facebook. 

“Só ouvimos um guincho meio alto, e segundos depois, começamos a ouvir barulhinhos fofos e baixinhos, e, então, soubemos que o bebê havia nascido. Por sorte, ela teve um parto rápido,” acrescentou.

Umandal ainda contou que outro passageiro deu algumas roupinhas para o bebê: “Uma passageira tinha uma mala cheia de roupinhas e outras provisões para bebês, que vieram em boa hora. [A tripulação] tinha uma estante esterilizada com água mineral que se transformou em banheira para limpar o bebê.”

Depois de dar à luz a uma linda garotinha, a passageira voltou ao seu assento.
O NASCIMENTO DO BEBÊ ATRASOU O VOO, MAS NINGUÉM SE IMPORTOU COM ISSO

O piloto do avião decidiu fazer um pouso de emergência na Índia para que a bebezinha e a sua mãe pudessem ser levadas ao hospital para serem examinadas. Com isso, o voo sofreu um atraso de aproximadamente 9 horas, mas ninguém se importou.

Todos no avião estavam se sentindo abençoados pelo milagre que haviam acabado de presenciar.

Os passageiros deixaram uma mensagem para a mãe, esperando que ela se recuperasse logo e que as duas, mãe e filha, pudessem ter uma vida repleta de felicidades.
PRESENTE PARA A BEBÊ

Umandal afirmou que a bebê poderá voar gratuitamente pela Cebu Pacific pela vida toda.

A companhia aérea ainda precisa confirmar a informação, mas uma atitude como essa já virou uma tradição em muitas companhias aéreas ao redor do mundo.

Embora tenha nascido na Índia, a bebê que, segundo Umandal se chamará Haven, terá passaporte e cidadania Filipinos, pois, de acordo com a Convenção das Nações Unidas na Aviação Civil Internacional, o bebê que nasce em uma aeronave recebe a cidadania da companhia aérea.


Fonte: abs-cbn.com via awebic
SHARE
Banner

Comentar: