Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Um método simples para ser visto como confiável no trabalho


Você costuma ter dificuldades para conquistar a confiança de seus colegas de trabalho? Se sim, é provável que esteja usando a estratégia errada.

Existe uma fórmula simples e eficiente para que as pessoas contem seus segredos para você. E ela vem da psicologia.

Segundo Maurice Schweitzer, professor da Universidade da Pensilvânia, e Adam Galansky, da Universidade de Columbia, o truque exige que você se liberte de dois falsos pressupostos do senso comum.

O primeiro é o de que a confiança se constrói apenas com o tempo, isto é, que as pessoas só se abrem para familiares ou amigos de longa data.

A segunda ideia é a de que precisamos nos comportar como verdadeiras "máquinas" para conquistar o respeito do mundo corporativo, como se qualquer sinal de hesitação no ambiente de trabalho acarretasse perda de credibilidade.

A chave está justamente na negação desses dois mitos. Segundo os especialistas, é possível conquistar a confiança de seus colegas de forma rápida. E, para isso, você deve se mostrar mais humano.

Para ilustrar como essa técnica funciona no mundo real, os autores do livro “Friend and Foe” usam o exemplo dos psiquiatras. Em apenas dois passos, eles conseguem fazer com que seus pacientes se abram e deixem de lado sua insegurança. Veja quais são eles:

1. Mostre credibilidade

Quando um paciente procura atendimento, ele busca sinais de que encontrará um profissional qualificado. Essas pistas podem ser, por exemplo, um elogio do médico por outros pacientes, ou a exposição de diplomas na parede do consultório.

No mundo dos negócios, acontece a mesma coisa. Um currículo forte e a recomendação de outras empresas em que você tenha trabalhado podem ajudar a construir sua credibilidade com seus colegas.

Explorar esse recurso de forma consistente, portanto, é o primeiro passo para conquistar a confiança de quem está ao seu redor.

2. Seja vulnerável

Depois de mostrar credibilidade, o psiquiatra ainda precisa dar mais um passo para conseguir a confiança do paciente: mostrar vulnerabilidade.

Ele deve derrubar uma caneta de propósito, contar uma piada ruim ou derramar café na própria roupa, indicam os professores. 

Segundo eles, a sensação de ser atendido por um semelhante - e não por um robô - ajuda o paciente a criar mais rapidamente um vínculo de cumplicidade.

Dose certa

É preciso ter muito cuidado com a ordem e o equilíbrio dos passos. A vulnerabilidade só pode ser uma arma para a conquista de confiança se for amparada pela competência.

Caso contrário, o profissional que se mostrar frágil pode levantar suspeitas.

Vale uma última comparação: o médico que deixar cair uma de suas ferramentas durante uma cirurgia pode minar completamente qualquer sinal anterior de credibilidade. O sucesso da estratégia depende - e muito - da dosagem de cada variável. 




fonte: portal exame
SHARE
Banner

Comentar: