Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Peso máximo de decolagem do H145 sobe para 3,7 toneladas


Carga útil adicional beneficia especialmente operações E.M.S, de segurança pública e offshore



A Airbus Helicopters recebeu da Agência Europeia de Segurança da Aviação (EASA), em dezembro, a certificação para o novo peso máximo de decolagem (MTOW) do H145. O helicóptero teve sua capacidade aumentada e poderá transportar 50 kg a mais, totalizando 3,7 toneladas.

O H145 com o novo peso máximo de decolagem estará disponível para os clientes ainda no início de 2016. E como a melhoria não requer modificações estruturais ou novos equipamentos, não haverá custos adicionais.

"Ao aumentar o peso máximo de decolagem, estamos melhorando a capacidade de missão do H145 para todos os operadores, mas principalmente para os serviços de emergência médica (E.M.S), de vigilância emissões offshore, pois nessas atividades o aumento da carga útil e alcance máximo estão diretamente ligados à eficácia das operações", disse Manfred Merk, chefe do programa do H145 da Airbus Helicopters. "O novo peso reverte maior capacidade ao helicóptero, seja para transporte de mais carga útil ou de mais combustível", completou.

O H145 é o helicóptero mais avançado de sua família, com motores Arriel 2E, rotor de cauda envolto em Fenestron® full-composite, e o inovador sistema de aviônicos digitais Helionix® com piloto automático de 4 eixos.

A frota global do H145 já acumulou mais de 11.000 horas de voo desde a primeira entrega, em julho de 2014. Atualmente, mais de 50 helicópteros do modelo já estão em operação em 14 países.




fonte: Convergência Comunicação Estratégica
SHARE
Banner

Comentar: