Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Alto número de ocorrências reforça pedido de helicóptero fixo para Balneário Camboriú/SC


Os helicópteros dos bombeiros e das polícias civil e militar (que estão em esquema de revezamento) têm atendido juntos a uma média de seis ocorrências por dia desde que passaram a operar em Balneário Camboriú, em Santa Catarina/SC, como apoio à Operação Veraneio. O alto número de atendimentos reforça uma antiga demanda da região: manter uma aeronave fixa, para emergências e ocorrências policiais.

No Corpo de Bombeiros há entendimento de que o melhor lugar na região para manter o helicóptero Arcanjo, fora da temporada de verão, é Blumenau – especialmente para dar suporte às ocorrências graves na BR-470. Mas faz sentido manter em Balneário uma aeronave policial, com foco em segurança e saúde, de acordo com o comandante do Batalhão de Aviação da PM, tenente-coronel Valdoney Sérgio Rohling. Segundo ele, o volume da população regional e a movimentação de turistas durante o ano todo poderiam justificar a permanência da aeronave.

Desde que os helicópteros da polícia passaram a operar em Balneário, deram apoio em perseguições e ajudaram a esclarecer crimes.

Além disso, o Águia 2, da PM, e o Zero-Uno, da Polícia Civil, têm auxiliado o Samu no atendimento e transporte de pacientes na região. Na segunda-feira, o socorro a uma vítima de parada cardíaca em Bombinhas, que demandaria até quatro horas da ambulância, foi feito em 15 minutos.

A lei estadual que instituiu o Batalhão de Aviação da PM, em 2008, e determina as bases de atuação, já prevê a criação da 3ª Companhia de Aviação de Santa Catarina, em Balneário Camboriú. Basta colocá-la em prática.




Fonte: Guarda Sol via piloto policial







SHARE
Banner

Comentar: