Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

20 milhões de pessoas passarão por aeroportos no fim do ano


O ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, anunciou nesta quarta-feira, 2, que a Operação Fim de Ano nos principais aeroportos brasileiros terá início no dia 10 de dezembro, se estendendo até 10 de janeiro de 2016.

Durante o período, a expectativa é que pouco mais de 20 milhões de passageiros passem pelos terminais em viagens de Natal, ano-novo e férias escolares.

Em nota enviada à imprensa, a Secretaria de Aviação Civil (SAC) informa que, ao longo dos 30 dias da operação Fim de Ano, serão reforçadas as operações nos terminais de Guarulhos, Congonhas e Viracopos (SP), Galeão e Santos Dumont (RJ), Brasília (DF), Confins (MG), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Salvador (BA), Curitiba (PR), Manaus (AM), Fortaleza (CE), São Gonçalo do Amarante (RN) e Cuiabá (MT).

Segundo a secretaria, Padilha se reuniu hoje com representantes de companhias aéreas, operadores aeroportuários e entidades do setor, afirmando que o setor aéreo deve registrar "saldo positivo de 1,3% em 2015 em relação ao verificado em 2014", de acordo com dados da Anac - no acumulado dos dez primeiros meses do ano, a demanda doméstica acumulou alta de 2,6% no ano e a oferta, aumento de 1,9%.

A SAC ainda informa que a estimativa é que o mês de dezembro encerre com incremento de 1,14% na movimentação aeroportuária do País, com cerca de 157,6 mil pousos e decolagens, e que dezembro deve apresentar demanda estável em relação ao mesmo mês do ano passado.

Operação

A Infraero prevê um incremento de 1,75% no efetivo de pessoal em nove aeroportos sob sua administração.

Já os operadores dos terminais concedidos (Brasília, Guarulhos, Viracopos, Galeão, Confins, São Gonçalo do Amarante/Natal) anunciaram que o reforço de mão de obra deve chegar a 5,70% no período da Operação Fim de Ano.

Entre os compromissos assumidos pela Infraero para a gestão aeroportuária durante a operação estão o uso de mais equipes de apoio e informação ao viajante, o remanejamento de funcionários para turnos de maior movimento e medidas que garantam maior fluidez operacional nas atividades.

Além disso, também serão ativados planos de contingência de manutenção, equipamentos críticos, pista e pátio, além de sistemas de acessibilidade (libras) nos aeroportos de Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ).

Entre os itens pactuados com as companhias aéreas TAM, Gol, Azul e Avianca, estão a manutenção dos níveis de reservas e vendas estritamente alinhados à capacidade de aeronaves, rotas planejadas e prestação de serviço de rampa e capacidade da tripulação, além do reforço nas equipes de segurança, rampa e atendimento, tripulantes, suprimentos, operações e manutenção, entre outros pontos.




fonte: portal exame
SHARE
Banner

Comentar: