Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Passageiros australianos recorrem à tecnologia para planejar viagens

Um novo estudo que avalia as emoções e os tipos de viajantes aéreos revela que os passageiros australianos são uma mistura de ‘planejadores cuidadosos’ com ‘aventureiros mente aberta’, que recorrem à tecnologia para ter a melhor experiência de viagem.

Este ano, pela primeira vez, a pesquisa global anual da SITA, provedora de TI para a indústria aérea, analisou os viajantes da Austrália para identificar uma série de perfis comuns, bem como capturar suas emoções e o impacto da tecnologia em diferentes estágios da jornada. Os passageiros que frequentam os sete maiores aeroportos do país, representando 80% do tráfego da Austrália, foram entrevistados e identificados como quatro tipos de personagens: Independente e hiperconectado, Paparicado, Planejador cuidadoso, Aventureiro mente aberta.

Embora todos os personagens fossem visíveis entre os participantes australianos, dois, em particular, se destacaram: 60% se identificaram como ‘Planejadores cuidadosos’ e 20% como ‘’Aventureiros mente aberta’.

O Planejador cuidadoso aprecia o controle e a conveniência fornecidos pela tecnologia de autoatendimento. Está feliz por usar a tecnologia para a fase de planejamento e durante a viagem. No entanto, ele gosta de chegar cedo ao aeroporto com os documentos impressos e interagir com os agentes da companhia aérea para confirmar que tudo está no caminho certo e de acordo com o planejado. O Aventureiro mente aberta está animado com a perspectiva da viagem. Ele tende a ajudar com seu conhecimento tecnológico, usa a tecnologia para tarefas relativas à viagem e é o primeiro a adotar novos serviços móveis, mas se sente frustrado com a falta de integração que exige o uso de vários aplicativos para gerenciar diferentes etapas da jornada.

Ilya Gutlin, presidente da SITA para Ásia-Pacífico, diz: “Nossa pesquisa mostra que 80% dos australianos tiveram uma experiência positiva durante a última viagem e a tecnologia está ajudando. As companhias aéreas e os aeroportos podem ter certeza de que os passageiros estão felizes por usar o autoatendimento. O check-in móvel é um excelente exemplo; 100% dos passageiros que usaram seus celulares para o check-in tiveram uma experiência positiva em comparação com 82% que fizeram o check-in no balcão.

A SITA está trabalhando com a indústria na Austrália, através do incentivo às companhias aéreas e aeroportos para implementação de estratégias que aceleram a adoção da tecnologia na viagem. Nossa pesquisa revela que os passageiros estão felizes por usar esses serviços. Oferecer aos viajantes australianos o autosserviço é um elemento essencial no esforço global para melhorar a satisfação do clientes e a experiência do passageiro do começo ao fim.”

Embora os resultados da pesquisa indiquem a satisfação dos australianos com o uso da tecnologia durante a viagem, em geral, eles estão atrás na curva de adoção. Em uma área, porém, a Austrália está à frente: na adoção de autodespacho de bagagem, com 26% de passageiros. A média global é de 20%.

Olhando para o futuro, fica claro que os australianos querem usar mais o autosserviço e adotar mais serviços móveis, que tem uma expectativa alta de crescimento. Quando perguntados sobre seus próximos voos, mais australianos esperam usar seus dispositivos móveis para serviços relacionados à viagem. A realidade é que 11% pretendem usar check-in móvel no próximo voo, quase três vezes a taxa de uso atual, que é de 4%.



fonte: ideia casada
SHARE
Banner

Comentar: