Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

DERRAPAGEM NA PISTA E ‘ANIVERSÁRIO’ DE QUEDA DE AERONAVE DERRUBAM SATISFAÇÃO DO CONSUMIDOR COM COMPANHIAS AÉREAS


Em outubro, o setor de aviação registrou queda de 4,8pp na avaliação dos passageiros, caindo de 56% em setembro para 51,2%. A informação é do Índice Nacional de Satisfação do Consumidor, medido pela ESPM. De acordo com o estudo – que analisa Tam, Gol, Avianca e Azul -, a retração foi provocada por uma única companhia, em razão de derrapagem na pista, o fato de a cauda de uma aeronave ter tocado o solo no momento da decolagem, levando o piloto a retornar ao aeroporto, gerando pânico entre os passageiros. Também pesou no resultado as notícias – muito comentadas na internet – sobre os nove anos que já se passaram após a queda de um avião desta mesma empresa.

Globalmente, o INSC fechou o mês com desempenho negativo de 0,3pp – de 52,8% em setembro para 52,5% em outubro. Dos 23 setores pesquisados, nove apresentaram alta na satisfação: lojas de departamento (+ 1,1pp), indústria automobilística (+ 1,2pp), indústria digital (+ 0,6pp), personal care (+ 0,2pp), bebidas (+ 2,6pp), comunicações (+ 0,7pp), indústria farmacêutica (+ 0,1pp), convênios médicos (+ 2,8pp) e construtoras (+ 1,8pp). Além de aviação, os demais segmentos tiveram queda na avaliação dos consumidores. São eles: supermercados (- 0,2pp), vestuário (- 9,5pp), drogarias (- 1,3pp), eletroeletrônicos (- 0,1pp), indústria alimentícia (- 1,6pp), bens de consumo (- 2,3pp), bancos (- 1,1pp), seguradoras (- 2,1pp), hospitais & laboratório (- 1,5pp), transportes metropolitanos (- 1,6pp), saneamento básico (- 1,1pp), energia elétrica (- 0,2pp) e gás (- 1,8pp).

O INSC é o primeiro e único indicador brasileiro com dados totalmente levantados pela internet e analisa mensalmente o que pensam os consumidores sobre 92 empresas de 23 setores da economia.




FONTE: VOICE COMUNICAÇÃO
SHARE
Banner

Comentar: