Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

AIRBUS ENCERRA OUTUBRO COM 850 ENCOMENDAS LÍQUIDAS E JÁ SUPERA META PARA 2015


Contratos registrados durante o mês de outubro por 35 aeronaves das famílias A350 XWB, A330 e A320 aumentaram o total de encomendas liquidas da Airbus em 2015 para 850, já acima da meta da empresa para 2015. Além disso, as 49 entregas realizadas durante o mês envolveram jatos de toda a sua linha de produção.

O livro de encomendas da Airbus em outubro incluiu quatro modelos A350-900s para a Singapore Airlines, reforçando a confiança da empresa na linha de aeronaves Xtra Wide Body da fabricante, ainda mais destacada pela escolha da versão recém-lançada, A350-900 Ultra-Long Range, para voos internacionais sem escalas entre Singapura e os Estados Unidos.

Entre as transações de outubro, também se destaca a encomenda por 30 modelos A330-300s realizada pela China Aviation Supplies Holding Company (CAS), em compromisso assinado em junho deste ano.

Encerrando a lista de novos negócios da Airbus durante o mês, o Aviation Capital Group encomendou um modelo A321neo, linha de produto de corredor único e com nova opção de motores mais vendida da Airbus.

No geral, as encomendas líquidas da Airbus durante os 10 primeiros meses de 2015, por aeronaves das famílias A320, A330 e A350XWB, alcançaram 850 unidades. Os pedidos são compostos por 39 modelos A319/A320/A321s, com a atual configuração de opção de motores (CEO), 687 versões com nova opção de motores (NEO), 92 aeronaves A330ceo, 25 A330neo, além de sete modelos A350 XWBs.

As 49 entregas do mês referem-se a 37 aeronaves da Família A320, seis A330s, quatro A350 XWBs e dois modelos A380s. A atividade leva o total de entregas da Airbus em 2015 para 495 aeronaves, recebidas por 81 clientes.

Entre as entregas de outubro, destacam-se o primeiro A350 XWB para a Finnair, posicionando a companhia aérea com a primeira operadora do modelo na Europa, além do primeiro dos três A330-300s encomendados pela Lion Air, da Indonésia. Com capacidade para 440 passageiros em um layout de classe única, o A330 da Lion Air será utilizado em voos de longo alcance para a Arábia Saudita, assim como rotas domésticas de alta densidade.

Considerando as entregas e encomendas durante o mês, o backlog da Airbus chegou a 6.741 aeronaves no fim de outubro, o que corresponde a aproximadamente 10 anos de produção. Desde sua criação, a Airbus já registrou mais de 16 mil encomendas por todas as suas famílias de aeronaves.



Fonte: JeffreyGroup Brasil 



RECEBA SUAS REVISTAS FAVORITAS 
NO CONFORTO DE SUA CASA - ASSINE JÁ:


SHARE
Banner

Comentar: