Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Alemanha vai operar 14 aeroportos gregos

Aeroporto Internacional de Frankfurt, operado pelo grupo alemão Fraport, que deve assumir 14 terminais na Grécia

Após meses de complicadas negociações — e do antagonismo entre os governos de Grécia e Alemanha — será justamente uma empresa alemã a nova operadora de 14 aeroportos gregos. Os terminais serão privatizados como parte do pacote de ajustes adotados em troca de socorro financeiro a Atenas. O grupo alemão Fraport, que controla, entre outros, o terminal de Frankfurt am Main, pagou € 1,23 bilhão pela concessão de 40 anos.

Vários aeroportos, entre eles os das ilhas turísticas de Corfu, Mykonos e Santorini, assim como o segundo maior da Grécia, Tessalônica, serão geridos a partir desta terça-feira pelo grupo alemão. O governo do primeiro-ministro Alexis Tsipras foi eleito com a promessa de campanha de não vender patrimônio estatal, mas teve de ceder à pressão dos países da zona do euro e do Fundo Monetário Internacional (FMI). Após o assumir o cargo, Tsipras paralisou os processos de licitação para, ao menos, tentar introduzir mudanças nos termos das ofertas. Mas, em abril, tevede mudar suas pretensões.

O acordo de resgate à Grécia, de € 86 bilhões pelos próximos três anos, inclui a criação de um fundo de privatizações no valor de € 50 bilhões — cujos detalhes “estão sendo finalizados”, explicou na segunda-feira a porta-voz de Assuntos Econômicos da Comissão Europeia, Annika Breidthardt.

— O Eurogrupo acertou um plano de privatizações muito ambicioso que deve estar em vigor no final do ano. A primeira decisão concreta foi adotada esta manhã — afirmou Breidthardt, sem dar maiores detalhes.




fonte: O Globo




Simulado Preparatório - Cursos e Workshops para Aviação


SHARE
Banner

Comentar: