Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Singapore quer retomar operações da rota mais longa do mundo

15.288km separam Singapura e Newark
No dia 25 de novembro de 2013, a Singapore Airlines encerrou as operações do até então voo comercial mais longo do mundo, que ligava Singapura a cidade de Newark, nos Estados Unidos. A aeronave responsável pelo trecho de 15.288km era um A340, com capacidade para transportar até 380 passageiros.

Embora a aeronave Airbus de quatro motores pudesse operar longas distâncias, não se mostrava tão eficiente ao ponto que a Business Class, que tinha bilhetes a US$ 10 mil, não pagava nem os custos com o combustível. Agora, a companhia aérea que retomar as operações do voo non-stop para os Estados Unidos, mas ainda depende das fabricantes Airbus e Boeing desenvolverem um modelo que seja mais lucrativo.

"De fato, ainda não existe uma aeronave comercialmente viável para realizar essas operações non-stop entre Singapura e Newark", disse o CEO da Singapore Airlines, Goh Choon Phong, a Bloomberg. 

O executivo afirmou que a empresa está em negociação com as fabricantes a fim de desenvolver uma aeronave que pudesse fazer da rota uma operação mais viável economicamente. Com isso, Goh não escondeu sua volúpia de retomar os voos diretos para os EUA o mais rápido possível.




fonte: Mercado&Eventos / Por: Pedro Menezes
SHARE
Banner

Comentar: