Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Companhias aéreas arrecadam US$ 38,1 bilhões em taxas extras

United, American/US Airways e Delta lideram o ranking de arrecadação

Conhece aquele velho ditado: "time que está ganhando não se mexe"? É deste modo que as companhias aéreas querem perpetuar o lucro conquistado anualmente com as famosas taxas extras cobradas nos aeroportos, adicional que, somente no ano passado, sofreu um aumento de dois dígitos em relação ao ano anterior.

De fato, apesar das reclamações diárias dos passageiros sobre as taxas adicionais, a receita a partir de malas despachadas, mudanças na reserva e uma série de outros tipos de cobrança adicionais sofreu um aumento de 21%, contabilizando a quantia de US$ 38,1 bilhões, de acordo com estudo anual divulgado pela IdeaWorksCompany e CarTrawler.

O crescimento desse lucro obtido pelas companhias é impressionante. Em 2007, por exemplo, as aéreas coletaram apenas US$ 2,45 bilhões em receitas auxiliares. Na média, a receita auxiliar por passageiro em meio a 63 diferentes aéreas do globo era de US$ 17,49. Até 2013, o aumento foi de 8,5%. As aéreas de baixo custo (low-cost carriers), por sua vez, arrecadaram mais de US$ 2,9 bilhões, um aumento de 32,8% ano a ano.

Em relação as companhias norte-americanas, a coleta foi de US$ 2,6 bilhões, aumento de 18,7%. Em meio as maiores do mundo, a United Airlines é a companhia que mais arrecadou com taxas adicionais e auxiliares, colocando US$ 5,8 bilhões no bolso, de acordo com a IdeaWorks. American/US Airways vem logo atrás, com US$ 4,65 bilhões, e a Delta fecha o TOP 3 ao embolsar US$ 3,2 bilhões.




fonte: Mercado&Eventos / Por: Pedro Menezes


CHEGOU!! UMA NOVA FORMA DE FICAR BEM INFORMADO
Baixe nosso aplicativo É GRÁTIS - http://app.vc/infoaviacao


SHARE
Banner

Comentar: