Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

ROY KINNEAR INDICADO COMO CEO DA AIR SEYCHELLES


A Air Seychelles a nomeação de Roy Kinnear como seu novo CEO, em vigor a partir de 1º de julho de 2015. Kinnear entra para a Air Seychelles vindo do parceiro estratégico Etihad Airways, onde ocupou o cargo de vice-presidente sênior - Gestão de Receitas e Planejamento, responsável por liderar a gestão e previsão das receitas da companhia aérea, controle de estoque e preços. Ele substituirá Manoj Papa.

O Conselho de Air Seychelles, presidido por Joël Morgan, Ministro do Exterior e dos Transportes, aprovou a nomeação.

Durante suas três décadas na indústria da aviação, Kinnear ganhou uma reputação por oferecer prática líder em operações comerciais e financeiras do negócio, estimulando receitas e lucro.

Ministro Morgan recebeu a nomeação de forma positiva e disse: "Roy Kinnear é um executivo da indústria altamente talentoso com a experiência e os conhecimentos necessários para liderar a Air Seychelles, e manter o dinamismo e impulso da companhia aérea”.

"Roy traz novas competências para uma nova fase na evolução contínua e bem-sucedida da Air Seychelles, que agora tem uma base forte e uma reputação crescente, que se estende bem além do Oceano Índico, como uma companhia aérea líder”.

"O foco da Air Seychelles é extrair o máximo valor de sua frota moderna e de sua rede regional e internacional em expansão, que vai crescer estrategicamente com novos destinos e parcerias de codeshare confiáveis”.

"Eu gostaria de agradecer sinceramente a Manoj Papa por sua excepcional contribuição ao longo dos últimos 18 meses. Neste período, Manoj promoveu com sucesso um número significativo de iniciativas críticas de pessoal, incluindo a introdução de KPIs em toda a empresa, a criação de uma cultura baseada no desempenho, maior treinamento e desenvolvimento, e fortaleceu a governança e relatórios. Estas iniciativas levaram a um melhor envolvimento dos funcionários e maior produtividade”.

"Manoj também revitalizou a rede da companhia aérea, atualizou continuamente a frota, e supervisionou o registro da primeira aeronave Air Seychelles na S7 Seychelles. O início de três voos semanais diretos para Paris em 1º de julho é o reconhecimento de que a companhia aérea é forte e capaz de competir no mercado europeu, que é estrategicamente importante", disse o Ministro Morgan.

Confirmando seu sucesso, a Air Seychelles foi reconhecida no início desta semana pelo World Travel Awards, sendo nomeada ‘Companhia Aérea líder do Oceano Índico’, ‘Companhia Aérea Líder do Oceano Índico - Classe Executiva’ e ‘Tripulação de Cabine Líder do Oceano Índico’, sendo que este último venceu pelo segundo ano consecutivo.

"O Conselho da Air Seychelles deseja a Manoj o melhor neste próximo passo em sua carreira", disse o Ministro Morgan”.

Manoj Papa disse: "Foi uma honra ser CEO da Air Seychelles em um momento tão importante em sua jornada. O desafio foi extremamente gratificante, com cada membro da equipe adotando a estratégia para desenvolver e posicionar Air Seychelles como uma companhia aérea líder. Com uma equipe comprometida, a Air Seychelles continua a se fortalecer e crescer", disse ele.

Roy Kinnear disse: "Tenho orgulho de ter a oportunidade de liderar a Air Seychelles com o seu sucesso comprovado e potencial significativo ainda inexplorado. Estou ansioso para trabalhar com os líderes em todas as áreas da empresa para aproveitar as oportunidades e impulsionar o desempenho, continuando a construir uma cultura de apoio baseada em equipes”.

"Com uma equipe forte e focada seremos capazes de enfrentar e ter sucesso em qualquer coisa que decidirmos fazer; este é realmente um momento muito instigante na evolução da Air Seychelles”, disse o Sr. Kinnear.

Formado em Economia e Estatística, Roy Kinnear começou sua carreira com a companhia aérea britânica, bmi, ocupando o cargo de Gerente Geral de otimização de receita, antes de se mudar para o Bahrein para se tornar Chefe de Gestão de Receita de Redes na Gulf Air, de 2002 a 2006.

Em 2006, Kinnear mudou-se para Abu Dhabi, onde ocupou o cargo de vice-presidente de gestão de receitas da Etihad Airways, até 2010, quando foi nomeado vice-presidente sênior de Carga.

Em 2011, o executivo foi novamente nomeado vice-presidente sênior de gestão de receitas e planejamento. Anteriormente, ele também foi membro do conselho e presidente da Amadeus Gulf e da Armaguard LLC, ambas joint ventures com a Etihad Airways.





fonte: agencia ideal
SHARE
Banner

Comentar: