Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Dono da Avianca anuncia pedido de aviões da Airbus avaliado em R$ 20 bi


Grupo Synergy, dos irmãos Germán e José Efromovich, assinou um memorando de entendimentos com fabricante europeia para comprar 62 aeronaves do modelo A320neo para Avianca Brasil; empresa voa com 41 aviões e tem cerca de 9% do mercado.



O grupo Synergy, controlador da companhia aérea Avianca Brasil, assinou um memorando de entendimentos com a Airbus para comprar 62 aeronaves A320neo, informou ontem a companhia europeia. O pedido, se confirmado, é avaliado em cerca de R$20 bilhões no câmbio atual (ou cerca de US$ 6,6 bilhões), considerando o preço de tabela do avião. O grupo Synergy também é dono da Avianca colombiana, mas, de acordo com o comunicado da Airbus, os novos aviões serão usados para renovar a frota da companhia aérea brasileira.

“A Airbus se orgulha pelo fato de que a Avianca Brasil confiará na produtividade sem igual e na economia de combustível do A320neo para renovar sua frota em crescimento e ampliar sua rede na América do Sul”, destaca John Leahy, executivo chefe da área de operações da Airbus, em comunicado enviado pela fabricante de aviões europeia. “Essas 62 aeronaves A320neo permitirão à Avianca Brasil dar um salto importante em direção ao crescimento e à modernização de sua frota, ao mesmo tempo em que melhora a experiência dos passageiros”, afirmou Germán Efromovich, presidente do grupo Synergy, no mesmo comunicado.

A intenção de compra de aviões para a Avianca Brasil foi anunciada uma semana após o grupo Synergy perder a disputa pela aquisição da companhia aérea portuguesa TAP, que está na fase final de privatização. O governo português optou pela proposta do consórcio do empresário David Neeleman, controlador da Azul.

Procurada, a Avianca Brasil não se manifestou.

Expansão. Tradicionalmente, as companhias aéreas e as fabricantes de avião assinam, primeiramente, memorandos de entendimento sobre a intenção de comprar determinada aeronave. Muitos desses anúncios costumam ser divulgados durante as feiras de aviação – o memorando de entendimento de Avianca e Airbus foi divulgado ontem na França, durante a feira Paris Air Show. Nos meses seguintes, as negociações seguem até as empresas firmarem o contrato.

O A320neo é o modelo da Airbus com até 189 assentos, que substituirá o A320. A entrega do primeiro modelo do A320neo da Airbus está prevista para 2016. A Airbus, no entanto, informou que a data de entrega dos aviões contemplados no memorando de entendimentos da Avianca é confidencial.

A Avianca Brasil voa hoje com 41 aeronaves, uma frota composta por modelos A318,A319 e A320 e o Fokker MK 28 (mais conhecido como Fokker 100). Com cerca de 9% de participação de mercado nos voos domésticos, a empresa é a quarta maior companhia aérea brasileira, atrás de TAM, Gol e Azul. A empresaatende22cidadese faz cerca de200 voos diários, especialmente entre as capitais.

Criada em 2002 com o nome de OceanAir, a empresa adotou a marca Avianca depois que os seus controladores compraram a Avianca colombiana, a companhia aérea mais antiga da América. Hoje é a empresa brasileira que mais cresce – entre janeiro e abril, a demanda da Avianca cresceu 18,7% na comparação com o mesmo período de 2014, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

‘As aeronaves permitirão à Avianca Brasil dar um salto importante para o crescimento’ Germán Efromovich, presidente do grupo Synergy

● Perfil

41 é o número de aviões na frota da Avianca Brasil hoje
200 é o número de voos diários da empresa brasileira
9% é a participação de mercado da Avianca nos voos nacionais
18,7% é o crescimento da demanda da companhia entre janeiro e abril



fonte: O Estado de S.Paulo / Marina Gazzoni
SHARE
Banner

Comentar: