Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Companhias aéreas registram alta de 2,96% na demanda em abril


O transporte aéreo de passageiros no mercado doméstico brasileiro completou o décimo-nono mês seguido de crescimento em abril, quando a demanda aumentou 2,96% na comparação anual, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Na mesma base de comparação, a oferta subiu 1,13% - oitava expansão mensal seguida.

Apesar de alcançar o maior nível para o mês de abril em dez anos, a aviação comercial brasileira vem desacelerando, após crescer 9,1% em janeiro, 4,1% em fevereiro e 3,1% em março.

A taxa de ocupação das aeronaves atingiu 80,9% no mês passado, aumento de i,8 ponto sobre igual período de 2014 - maior nível alcançado para esse indicador para o mês de abril nos últimos dez anos.

TAM e Gol terminaram o mês de abril empatadas na liderança de mercado - em termos de passageiros-quilômetros transportados (RPK, na sigla em inglês) -, ambas com 36,6% de fatia. Mas enquanto a TAM perdeu 1,8 ponto percentual ante abril de 2014, a Gol ganhou 0,5 ponto percentual nesse indicador.

E que a TAM cortou em 3% a oferta - medida em assentos-quilometros disponíveis (ou ASK) - entre abril de 2014 e igual mês de 2015, enquanto a Gol manteve a capacidade.

Em termos de taxa de ocupação, a TAM subiu 0,9 ponto percentual, para 81,6%, e a Gol melhorou em 3 pontos percentuais a ocupação dos voos, com 79,8% de aproveitamento dos assentos.

Dos 7,9 milhões de passageiros que as quatro aéreas brasileiras transportaram em abril - recorde para o mês nos últimos10 anos -, a Gol atendeu 2,9 milhões de pessoas crescimento de 3,2% sobre um ano antes), enquanto a TAM atendeu 2,6 milhões de clientes (menos 1,5%).

Se a demanda pela aviação comercial no segmento de passageiros ainda cresce, o transporte de cargas em abril apresentou queda de 10,1% na comparação com um ano antes, ao somar 30,2 mil toneladas - pior desempenho para esse mês desde 2010.

A TAM liderou o mercado de carga doméstica no mês passado, com 11,1 mil toneladas pagas transportadas. A Gol foi a segunda maior transportadora de carga no mercado doméstico, com 7,2 mil toneladas.
n
A Avianca destacou-se com crescimento de 49,2% na quantidade de carga paga transportada em abril de 2015, com relação ao mesmo mês do ano anterior.

Enquanto a quantidade de carga transportada pela TAM (incluindo dados da controlada Absa) caiu de 71,2 mil toneladas em abril de 2014 para 56,6 mil toneladas em igual mês de 2015, a movimentação da Gol caiu de 29,2 mil toneladas a 27 mil toneladas em igual período, a da Avianca subiu de 7,3 mil toneladas a 11,6 mil toneladas, e a Azul passou em 7,5 mil toneladas para 7,8 mil toneladas.

Em termos de participação de mercado no acumulado do ano, de janeiro a abril, a TAM foi responsável por 56,6% da carga paga transportada - incluindo dados da controlada Absa -, seguida por Gol, com 24,4%.

Já nas rotas internacionais, a quantidade de carga transportada pelas aéreas brasileiras cresceu 1,9%, atingindo 13,9 mil toneladas em abril de 2015.




fonte: Valor Econômico
SHARE
Banner

Comentar: