Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Aeroporto mais movimentado do sul da Índia escolhe a SITA para processamento de passageiros


O Aeroporto Internacional de Kempegowda, em Bengaluru (KIAB), que serve a região similar ao "Vale do Silício" na Índia e é o mais movimentado do sul do país, utilizará a tecnologia de processamento de passageiros da SITA, especialista em TI para o transporte aéreo, para gerenciar mais de 15 milhões de passageiros anuais. O contrato de sete anos inclui a AirportConnect® Open, plataforma de processamento de passageiro da SITA, quiosques de autoatendimento para check-in de última geração, e BagManager, serviço de rastreamento de bagagem da SITA.

Hari Marar, presidente de operações aeroportuárias da Bangalore International Airport Limited (BIAL), afirma: "Como porta de entrada para a cidade, que é uma referência Top Technology Innovation no mundo, o Aeroporto de Kempegowda adota tecnologia de última geração, visando a melhorar a experiência dos passageiros.

Escolhemos a SITA, pois queríamos ter um único fornecedor, que pudesse fornecer uma plataforma completa de processamento de passageiros e um sistema de rastreamento de bagagem, dando suporte aos dois sistemas. E, além disso, nos auxiliar a implementar a nova plataforma de quiosques de autoatendimento de uso comum (Common-Use Self-Service - CUSS), com opções de etiqueta de bagagem e cartão de embarque. A SITA tem um histórico comprovado no fornecimento de soluções inovadoras para os aeroportos indianos e de todo o mundo, devido ao forte relacionamento que possui com as companhias aéreas. E isso faz da SITA uma parceira confiável".

No total, 180 estações de trabalho de uso comum e 30 novos quiosques de autoatendimento de uso comum, que permitem aos passageiros imprimir cartões de embarque e, também, etiquetar suas próprias malas, estarão disponíveis na plataforma AirportConnect Open da SITA. Todas as 31 companhias aéreas que utilizam o aeroporto podem acessar em equipamentos compartilhados seus respectivos aplicativos de TI em tempo real. Além disso, podem utilizar qualquer balcão no aeroporto, portão ou quiosque de autosserviço para check-in e embarque do passageiro. Isso garante a máxima flexibilidade e conveniência para as companhias aéreas, aeroportos e passageiros.

O serviço de rastreamento de bagagem da SITA vai continuar prestando serviços ao aeroporto, através do gerenciamento abrangente de bagagem, entrega de informações em tempo real sobre o status das malas e resolução de problemas de maneira rápida e eficiente. Além disso, o BagMessage da SITA garante embarques no horário marcado com um sistema de distribuição de mensagens sobre a localização das malas totalmente gerenciado e seguro. A SITA implementará todas as plataformas e sistemas para o aeroporto e gerenciará o suporte de ponta a ponta.

Maneesh Jaikrishna, vice- presidente da SITA para Índia e Subcontinente, comenta: "Em 2007, SITA e BIAL introduziram o primeiro sistema de rastreamento de bagagem do passageiro da Índia no aeroporto. Desde então, o aeroporto continuou crescendo rapidamente e suas necessidades estão em constante evolução. Implementar a tecnologia mais recente em gestão de bagagens e passageiros da SITA vai ajudar nesse crescimento, uma vez que simplifica as operações aeroportuárias e melhora a eficiência e fluxo de passageiros.

A SITA tem orgulho de ser parceira da BIAL no pioneirismo na Índia da implementação dos primeiros quiosques de autosserviço de impressão de etiqueta de bagagem. Vamos estender essas soluções para outros 40 aeroportos do país".

A cidade de Bengaluru, anteriormente chamada de Bangalore, é conhecida como "Vale do Silício" indiano. Seu aeroporto foi o primeiro na Índia a ser construído através de uma parceria público-privada, e em sete anos de operação, apresenta um crescimento significativo. Em março de 2015, o aeroporto relatou que opera mais de 15 milhões de passageiros, um aumento de 19,3% em relação ao ano anterior. Os sistemas de classe mundial da SITA entrarão em operação em Kempegowda, em junho, permitindo aos passageiros se beneficiar de um aumento no autosserviço.



fonte: ideia casada
SHARE
Banner

Comentar: