Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

TAM permite despacho da própria mala no Aeroporto de Cumbica

Os passageiros da TAM que embarcam pelo Terminal 3 do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, podem a partir deste mês despachar suas malas sozinhos.

Desde o início de abril, a empresa equipou 12 totens de autoatendimento com uma tecnologia que permite ao passageiro imprimir as etiquetas para colar nas bagagens (self tag bag). Quatro posições nos guichês da TAM foram destinados a esse tipo de despacho de bagagem - basta o viajante entregar a mala a um funcionário depois de ela ser etiquetada. O principal objetivo é evitar filas e diminuir o tempo de embarque.

Os passageiros que preferirem realizar check-in e envio de bagagens de forma convencional podem se dirigir aos guichês para que os funcionários da empresa realizem os procedimentos usuais.

Por enquanto, a tecnologia está disponível apenas para o Terminal 3, exclusivo para voos internacionais. Até o fim abril, a expectativa é que os clientes dos voos domésticos no Terminal 2 tenham a mesma experiência. Os Aeroporto de Brasília e do Galeão, no Rio, também serão contemplados no projeto até o fim de 2015.

De acordo com José Quesado, Gerente Sênior de Desenvolvimento de Serviços, a expectativa é reduzir pela metade o tempo entre a chegada do passageiro ao aeroporto até a entrada dele na área de embarque. "A nossa meta é a adesão de 25% de todos os nossos passageiros nestes aeroportos em um ano", diz o executivo.

Selo. Com o programa de self tag bag, a TAM se tornou a primeira companhia aérea a conquistar no Aeroporto de Cumbica o selo Fast Travel concedido pela Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) às empresas que mais oferecem aos passageiros facilidades de autoatendimento. No mundo, apenas 20% das companhias possuem.

Para a chancela da Associação, que responde à demanda do consumidor por mais comodidade, é preciso se adequar a no mínimo cinco programas de autoatendimento, entre eles o self tag bag e self check-in.





fonte: O Estado de S.Paulo
SHARE
Banner

Comentar: