Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

SITA OnAir e autoridades búlgaras e romenas do tráfego aéreo propõem comunicação com o piloto via dados


A SITA OnAir, fornecedora líder no mercado de aeronaves conectadas, acaba de anunciar uma parceria para melhorar a comunicação do tráfego aéreo no blocofuncional do espaço aéreo do Danúbio (em inglês Danube Functional Airspace Blockou FAB), complementando os serviços de voz com o link de dados mais confiável.

Juntamente com os prestadores de serviços de navegação aérea (air navigation service providers ou ANSPs), Autoridade Búlgara de Serviços de Tráfego Aéreo (BULATSA) e Administração Romena de Serviços de Tráfego Aéreo (ROMATSA), aSITA OnAir oferece serviços para os centros de controle através da comunicação piloto-controlador por link de dados (Controller Pilot Data Link Communication - CPDLC). Esse procedimento está em conformidade com o regulamento EC 29/2009, que entra em vigor na iniciativa através do Céu Único Europeu (Single European Sky). O Danube FAB gerencia cerca de 10% do tráfego aéreo que sobrevoa a União Europeia.

O CPDLC permite que os controladores de tráfego aéreo e pilotos se comuniquem através de mensagens de texto, em vez de utilizar a comunicação tradicional via voz. Isso melhora a qualidade das comunicações, além de aprimorar a eficiência da gestão do tráfego aéreo e a segurança global. Os regulamentos europeus exigem que todas as aeronaves que voam na Europa e em todos os sistemas terrestres de controle de tráfego aéreo têm de estar equipados com CPDLC.

A SITA OnAir tem trabalhado em estreita colaboração com a BULATSA e a ROMATSA para configurar a rede, facilitando assim o emprego das comunicações usando ATN (Aeronautical Telecommunication Network), que é o protocolo mais avançado de comunicação de link de dados.

Ion-Aurel Stanciu, diretor-geral da ROMATSA, afirma: "Nossa parceria com a SITA OnAir é um grande passo adiante do Bloco Funcional Danúbio, e nos aproxima mais do Céu Único Europeu. Estamos ansiosos para nos beneficiar dos ganhos de eficiência e melhorias de segurança que o link de dados irá trazer"

Georgi Peev, diretor-geral da BULATSA, acrescenta: "A dedicação da SITA OnAir com a indústria de transporte aéreo, bem como a expertise na implementação do linkde dados permitiu fluidez no processo para a BULATSA. Juntas estamos melhorando os serviços de tráfego aéreo para um milhão de voos que gerenciamos sobre o Bloco Funcional de Danúbio a cada ano".

A parceria da SITA OnAir com BULATSA e ROMATSA inclui o fornecimento de roteadores ATN e estações terrestres VHF em cada país, que permitirá a ambos ANSPs implementar a comunicação de enlace de dados digitais (datalink) entre os pilotos de aeronaves e controladores em solo.

François Bardin, diretor de soluções de tráfego aéreo da SITA OnAir, conta: "Em parceria com a SITA OnAir, a BULATSA e ROMATSA deram um passo à frente no caminho para o Céu Único Europeu. Os voos sobre o Bloco Funcional de Danúbio, agora, vão tirar proveito do uso de canais de dados onde as mensagens não apresentam ambiguidade e ficam disponíveis na tela da cabine de piloto. Este é um primeiro passo para a implementação da SESAR (Investigação sobre a Gestão do Tráfego Aéreo no Céu Único Europeu), que desenvolveu conceitos como o serviço Trajetória 4D por Data Link (4DTRAD)".

Outros blocos funcionais (FABs) europeus já desfrutam dos benefícios da parceria com a SITA OnAir, incluindo FABEC (Bélgica, França, Alemanha, Luxemburgo, Países Baixos e Suíça) e Sudeste FAB (Portugal e Espanha).





fonte: idea casada
SHARE
Banner

Comentar: