Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Ryanair oferecerá longa distância a baixo custo


Sai o cobertor, entra a barrinha de cereal. A companhia aérea Ryanair divulgou planos de oferecer voos a baixo custo entre a Europa e os Estados Unidos em até cinco anos. O conselho da empresa irlandesa aprovou os voos transatlânticos como parte de seus planos de expansão.

Os voos seriam oferecidos a partir de 12 ou 14 bases europeias, incluindo Londres, Dublin e Berlim, com destino ao mesmo número de cidades americanas, como Nova York, Miami, Boston e Chicago. Alguns bilhetes com tarifas promocionais custariam a partir de 10 libras (cerca de R$ 47). Outras passagens sairiam a 99 libras ou mais por trecho, e metade dos aviões teria assentos premium, mais caros.

— Isso dependerá da capacidade de incluir na frota aeronaves de longo curso a um custo viável em quatro ou cinco anos — afirmou Michael O’Leary, porta-voz da empresa, que negocia a compra de modelos Airbus ou Boeing.

Se colocar em prática o plano, a Ryanair entrará para uma longa lista de companhias low cost que tentaram oferecer voos em longas distâncias. Algumas faliram na tentativa.

Embora os voos que cruzam o Atlântico sejam extremamente rentáveis, o modelo de negócios de empresas como a Ryanair está baseado em voos com titlea ocupação e baixa distância, de modo que as aeronaves possam ser enviadas o mais rápido possível a outro destino. Tudo isso oferecendo o mínimo possível a bordo.

Voos de longa distância, entretanto, são diferentes. Os passageiros têm mais bagagens e esperam mais conforto durante as muitas horas na poltrona.



fonte: O Globo
SHARE
Banner

Comentar: