Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Rolls-Royce inaugura nova unidade de reparos avançados para aviões de caça


Fábrica fará retífica e consertos em componentes LiftSystem® para aeronaves F-35 Lightning II


A Rolls-Royce, empresa global de sistemas de energia, presente no Brasil há mais de 55 anos, inaugurou sua nova unidade de LiftWorks de reparos avançados de componentes de propulsão para aviões de caça em Plainfield, IN, perto das instalações da empresa em Indianápolis, Estados Unidos.

A Rolls-Royce fará reparos e retíficas de componentes LiftSystem® para aeronaves F-35 Lightning II, os aviões de combate mais avançados do mundo. O LiftSystem fornece capacidade de decolagem vertical ao F-35B, pilotado por Fuzileiros Navais dos Estados Unidos e do Reino Unido.

A nova unidade LiftWorks representa um investimento de mais de US$ 10 milhões por parte da Rolls-Royce e dos Fuzileiros Navais, e empregará cerca de 40 pessoas na medida em que a carga de trabalho aumentar. A LiftWorks está localizada ao lado da fábrica LiftSystem® da Rolls-Royce em Plainfield, onde componentes novos são montados para os caças F-35. A Rolls-Royce também testa o LiftFans, o principal componente do LiftSystem, em sua fábrica de Indianápolis.

A Rolls-Royce é a única empresa do mundo que produz tecnologia de decolagem vertical para aviões de combate. O sistema LiftSystem® é composto por um LiftFan, um módulo rotatório de 3 rolamentos, um poste de rolagem sob cada asa e um eixo ligado ao motor Pratt & Whitney F135 que motoriza a aeronave.

Os pilotos dos F-35 dizem que o LiftSystem provou ser extremamente estável e confiável em voo, com controles de software de aeronave superiores que o tornam fácil de operar. “Esta nova instalação LiftWorks representa um importante investimento pela Rolls-Royce no programa F-35 e na região de Indianápolis. Continuamos a focar em tecnologia, aumentando a eficiência e reduzindo custos para o programa F-35. A sinergia trazida por termos nossas instalações de produção, reparos e teste LiftSystem em estreita proximidade nos ajudará a fazer importantes economias à medida que aplicamos na prática nossas décadas de experiência e conhecimento em suporte pós-venda para nossos clientes. Temos a capacidade de aumentar nossas operações nesta unidade à medida que o programa F-35 crescer nos próximos anos”, afirma Francisco Itzaina, presidente da Rolls-Royce para a América Latina.

A Rolls-Royce está trabalhando para reduzir os custos do programa F-35 através de 150 iniciativas de acessibilidade, investindo mais de US$ 85 milhões para apoiar o programa F-35 nos últimos anos. O Grupo também tem auxiliado os Fuzileiros Navais, que se prepara para declarar a Capacidade Operacional Inicial (COI) de seus caças F-35B ainda este ano. Recentemente, a Rolls-Royce entregou o 50º LiftFan, que atende a todas as exigências de COI para os Fuzileiros Navais.

A Rolls-Royce lidera a indústria aeroespacial em tecnologia "Short Take Off and Vertical Landing" (STOVL, Decolagem e Pouso Vertical Curtos) desde 1954, quando a empresa testou pela primeira vez a tecnologia de demonstração "Flying Bedstead". A empresa também continua expandindo o suporte para o programa F-35 com representantes de serviços de campo, colaborando com mantenedores de aeronaves em bases militares em todos os EUA.



Fonte: Rolls-Royce plc / Comunicação Corporativa – América do Sul
SHARE
Banner

Comentar: