Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

II Forúm de Infra Estrutura para Aviação Geral e Regional - 16 e 17 de Março

A primeira edição do fórum foi realizada em no inicio de 2014 e reuniu mais de 150 profissionais de todo setor para discutir os principais temas relacionados a infraestrutura e regulação para o desenvolvimento da aviação geral e regional no Brasil.

Com a expansão da aviação geral e regional, com investimentos do governo em aeroportos regionais e autorização de construção de aeroportos pela iniciativa privada, o setor esta em alta e também com muitos entraves para o seu desenvolvimento. Para abranger e reunir todo o setor novamente, o fórum terá a duração de 2 dias em 2015 e terá um formato com mais espaços para facilitar as negociações dos investidores.

O Fórum de Infraestrutura para Aviação Geral e Regional faz parte da série Aeroinvest, que também possuem encontros relacionados a Centros de Manutenção de Aeronaves, Gestão de Bagagens, Infraestrutura Aeroportuária na América Latina e Negócios em Aeroportos.


PRINCIPAIS TEMAS


  • Plano do governo para incentivos, modernização e autorização de novos aeroportos para aviação executiva e regional
  • Plano para desenvolvimento de hubs regionais no sistema aeroportuário
  • Os principais riscos e oportunidades dos investidores do setor: Visão dos fornecedores -visão Cias regionais e taxi aéreo – visão do aeroporto
  • Incentivo para as Cias. aéreas de Aviação Regional e Taxi Aéreo
  • A necessidade do aumento da fiscalização federal e critérios adotados para inspeção de aeronaves, helipontos e heliportos

PRIMEIRO DIA


8:00h – Welcome coffee

9:10h – Plano do governo para incentivos, modernização e autorização de novos aeroportos para aviação executiva e regional

  • Plano do Governo para Aviação Geral
  • Concessão de aeroportos regionais
  • Autorização ou concessão
  • Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional (PDAR) – Decreto 8.024/13
  • Principais necessidades para modernização e ampliação dos aeroportos do PIL
  • Processos de licitações para a modernização dos aeroportos pelo RDC – Regime Diferenciado de Contratações Públicas
  • Como esta operando o primeiro aeroporto para aviação executiva brasileira
  • Interesses dos fundos de investimentos do setor

10:40h – Coffee-Break e Networking

11:00h – Processos de autorização e internacionalização de aeroportos privados para usos específicos

O desenvolvimento de aeroportos indústria e a integração logística como diferencial

12:00h – Almoço

14h00h – Plano para desenvolvimento de hubs regionais no sistema aeroportuário

  • Necessidades de novas rotas para aviação regional
  • Desenvolvimento da infraestrutura regional e demanda futura
  • Estudo de rotas regionais integradas com aeroportos de grande porte
  • Modelo de Pétalas

15:10h – Os principais riscos e oportunidades dos investidores do setor: Visão dos fornecedores – Visão cias regionais e táxi aéreo – Visão do aeroporto

  • Ato Administrativo INFRAERO Nº 3139, e a saída para o setor de hangaragem e oficinas de manutenção
  • Aluguel e compra de hangares
  • Abastecimento e manutenção de aeronaves
  • Risco da implantação de novas infraestruturas para pousos e decolagens de asa fixa helicópteros

16:20h – Coffee-Break e Networking

16:40h – Processos e principais entraves de licenciamento ambiental de um aeroporto privado

17:30h – Encerramento do primeiro dia


SEGUNDO DIA


09:10h – A demanda do setor para novas aeronaves e infraestrutura necessária

  • Novas aquisições e expectativas de novas empresas de taxi aéreo
  • Incentivo governamental para implementação de fábricas e transferência de tecnologia
  • A necessidade de substituição de aeronaves antigas
  • A demanda brasileira para aeronaves offshore, aeromédicos, defesa e executivo
  • O desenvolvimento do mercado para transporte de carga aérea

10:20h – Coffee-Break e Networking

10:40h – Incentivo para as Cias. aéreas de Aviação Regional e Taxi Aéreo

  • Necessidade de agilidade na homologação de cias aéreas regionais e de táxi aéreo
  • Financiamento de aeronaves para aviação regional
  • Incentivo fiscal para operação de novas rotas
  • Novo modelo de liberação das empresas de táxi aéreo de diferentes portes
  • Leasing da Aviação Geral

11:30h – A necessidade do aumento da fiscalização federal e critérios adotados para inspeção de aeronaves, helipontos e heliportos

  • Deficiências da legislação federal vigente e conflitos com normas municipais
  • Padronização da segurança para pousos e decolagens
  • Processos adotados para inspeção dos centros de manutenção
  • Regulação de uso de operação de aeronaves

12:40h – Almoço

14:00h – Modelos de gestão utilizados pelas grandes empresas de táxi aéreo

  • Cuidados pós-pequenos acidentes e a consequência de não seguimento dos procedimentos necessários pós-colisões
  • Segurança e documentação necessária pós-acidentes
  • Gestão, custos e cuidados necessários com a frota

15:10h – Tecnologia e serviços necessários para atender a demanda da frota brasileira

  • Mercado – Homologação – Demanda – Entraves – Oportunidades

16:10h – Potencial das empresas de serviços auxiliares na operação de aeronaves de pequeno e médio porte – inovação e benefícios.

  • Ground Handling
  • FBO – Fixed-Base Operator

17:30h – Coffee-Break e Encerramento do fórum



LOCAL


Grand Mercure Ibirapuera

Rua Sena Madureira 1355 Ibirapuera
CEP 04021-051 São Paulo-SP



SHARE
Banner

Comentar: