Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

100% digital


A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) acaba de autorizar a
Líder Aviação a operar utilizando apenas versões digitais da documentação de voo, armazenados em tablets – sistema conhecido como Electronic Flight Bag (EFB). Além de eliminar a necessidade de levar a bordo manuais, especificações operativas e outros documentos impressos, o EFB facilita e torna mais seguro o processo de gerenciamento do voo por parte dos pilotos.

De acordo com o comandante da unidade de fretamento e gerenciamento de aeronaves da Líder Aviação, Antônio Donizeti Sávio, o processo teve início em 2012. “Começamos a fazer os primeiros testes com um software próprio, chamado Horus. Em janeiro do ano passado, a ANAC nos autorizou a operar com as versões digitais e impressas dos documentos. Agora, depois de três anos, concluímos o processo de transição e fomos homologados para voar apenas com o EFB”, explica Sávio. Com isso, a Líder tornou-se a primeira do setor de táxi-aéreo a utilizar a ferramenta, e a segunda de aviação no Brasil.

Entre as principais vantagens do Electronic Flight Bag, estão a segurança e a agilidade nas consultas e cálculos de voo, sobretudo em períodos críticos da missão. Como substitui a documentação impressa, o sistema também possibilita eliminar cerca de 10 quilos de carga morta a bordo, o que otimiza o desempenho da aeronave.

Segundo o comandante Sávio, cada tablet irá armazenar cerca de 10 manuais e mais de 70 dispositivos, acessíveis a toda a tripulação, que podem ser atualizados com um simples toque na tela. “O EFB representa o futuro da navegação aérea e certamente se tornará obrigatório em alguns anos. Mais uma vez, a Líder mostrou seu pioneirismo e a busca constante por inovações voltadas para a segurança operacional”, comemora Sávio.



fonte: Hipertexto Consultoria
SHARE
Banner

Comentar: