Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Jamaica é a primeira na América a permitir que todos os passageiros utilizem quiosques para agilizar o processo de controle de fronteira


Os passageiros que chegam aos aeroportos de Kingston e Montego Bay, na Jamaica, podem esperar uma passagem pela Imigração mais rápida com o lançamento dos novos quiosques de controle de fronteira automatizados (automated border control - ABC). A Agência de Passaporte, Imigração e Cidadania (Passport, Immigration and Citizenship Agency - PICA) da Jamaica acaba de anunciar que os quiosques, fornecidos pela SITA - provedora de soluções de TI para o transporte aéreo e governo, vão utilizar verificadores biométricos sofisticados para processar os passageiros com rapidez e segurança. A expectativa é de um aumento de cerca de 60% no fluxo de passageiros nas fronteiras.

A Jamaica é o primeiro país das Américas a permitir que os passageiros que chegam a partir de qualquer destino internacional utilizem os quiosques de autosserviço de compensação de fronteira e Imigração. Diversos países têm experimentado os benefícios dos quiosques biométricos, no entanto, limitam a sua utilização, a fim de selecionar nacionalidades ou aqueles que se inscreveram em programas de viajantes.

Jennifer McDonald, CEO da Agência de Imigração da Jamaica, afirma: "É importante darmos boas vindas a todos os nossos visitantes da melhor forma possível. Com a SITA, tivemos a confiança necessária para oferecer autosserviço para todos os passageiros, e não apenas aos que se inscrevem em um programa de fidelidade. Os quiosques da SITA utilizam biometria e trabalham de forma integrada com os nossos sistemas de gestão das fronteiras existentes para oferecer esse serviço de processamento rápido e seguro de fronteira para todos.

A vasta experiência de segurança fronteiriça da SITA, combinada com a sua solução exclusiva de quiosques, biometria e gestão das fronteiras, a tornou a fornecedora ideal para implementar o sistema, bem como fornecer o suporte contínuo, garantindo, assim, o bom funcionamento nos próximos anos".

Os passageiros de todas as nacionalidades podem utilizar os quiosques de autoatendimento para a Imigração, uma vez que são de uso fácil e todo o processo dura menos de 60 segundos. O passageiro utiliza o passaporte para se identificar e uma câmera instalada no quiosque captura os dados biométricos faciais. As informações da biometria e do passaporte são cruzadas com o objetivo de verificar se o passageiro é quem diz ser e, então, os dados são checados nas listas de vigilância do governo. O passageiro responde questões da Imigração no quiosque a partir do touch screen e, uma vez confirmadas, é dado um recibo que explica como sair da sala alfandegária. Com isso, não é necessário ser atendido por um funcionário da Imigração a menos que haja erro ou alguma verificação extra.

Paul Houghton, Presidente da SITA para as Américas, diz: "A Jamaica segue sua longa tradição de acolher os viajantes da melhor maneira possível ao tornar o trâmite dos passageiros na fronteira mais prático, rápido e seguro. A Agência de Imigração da Jamaica é uma cliente de longa data da SITA e está continuamente avaliando como a tecnologia pode aprimorar a experiência nas fronteiras. A SITA utiliza sua expertise de décadas em aeroporto, companhia aérea e segurança fronteiriça para fornecer uma solução integrada de quiosques, biometria e gestão de fronteiras. Isso gera demanda por segurança e eficiência por parte da Agência, proporcionando aos passageiros um desembarque facilitado na Jamaica”.

No total, 15 quiosques estão em operação nos dois aeroportos jamaicanos mais movimentados: o Norman Manley International Airport, Kingston e o Sangster International Airport, em Montego Bay. Juntos, os aeroportos transportam cerca de três milhões de passageiros por ano, sendo 1,7 milhão de visitantes estrangeiros. Esse grande investimento nacional é parte da estratégia da Agência de Imigração da Jamaica que visa a introduzir tecnologias inovadoras para o processamento de fronteira, que contribuirão para aprimorar o turismo no país.

Para a Agência de Imigração da Jamaica, a SITA é uma parceira confiável para soluções de segurança de fronteiras existentes. Essa parceria, combinada com a sua experiência única com aeroportos e companhias aéreas, tanto dentro da Jamaica e do Caribe, como em todo o mundo, fez da SITA a escolha ideal para a aplicação do quiosque. A SITA é comprovadamente a líder global em soluções de segurança das fronteiras e de gerenciamento de identidade. São 36 países e mais de 60 entidades governamentais que utilizam a tecnologia iBorders® da SITA para processar mais de 100 milhões de passageiros por ano. Muitos aeroportos internacionais nos EUA, incluindo o JFK de Nova Iorque, Los Angeles, Miami, Orlando, Filadélfia, São Francisco e Tampa, possuem quiosques biométricos de imigração fornecidos pela SITA.





fonte e foto: ideia casada
SHARE
Banner

Comentar: