Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

PASSAGEIRO É PRIORIDADE NOS AEROPORTOS CHINESES


Os aeroportos chineses focam os investimentos em TI para aprimoramento da experiência de viagem do passageiro e introdução de novas opções de autoatendimento, incluindo impressão de etiqueta de bagagem, autoembarque e autosserviço de bagagem. Isso aumenta a atenção para a prestação de serviços para o cliente, uma vez que 100% dos aeroportos vão investir, até 2015, em serviços para passageiros, através das mídias sociais e celulares.

Isso é o que aponta a recente Pesquisa de Tendências em TI para Aeroportos - ACI Airport IT Trends Survey -, realizada pela SITA, especialista em soluções de TI para o transporte aéreo. Os resultados da pesquisa representam as opiniões dos 20 maiores aeroportos na China, que atendem a mais de 60% dos passageiros chineses.

Maio Zhou, vice-presidente da SITA na China, afirma: "A vasta expansão dos aeroportos e o crescimento do número de passageiros, na China, são os maiores desafios. Por isso, os aeroportos intensificam os esforços e investem em TI para melhorar a experiência do passageiro, uma vez que essa é a prioridade número um. Notamos que os aeroportos estão investindo em serviços de passageiros, e 100% deles estão investindo em mídias sociais e serviços móveis para oferecer uma viagem eficiente e personalizada".

O levantamento revela um enorme crescimento no número de passageiros na China - de 9,7% em 2013 para 745 milhões – que tem proporcionado novos investimentos em autosserviço com o objetivo de melhorar o desempenho e a velocidade da movimentação do passageiro ao longo dos aeroportos. Mais da metade (53%) dos aeroportos vê como prioridade no investimento em TI o processamento de passageiros. No total, 65% dos aeroportos chineses investem em grandes programas de autoatendimento e mais de 29% estão com projetos pilotos.

Os investimentos em quiosques de autoatendimento de uso comum continuam, com 35% planejando usá-los para check-in, enquanto 35% planejam instalá-los para outros usos. Quase dois terços (65%) dos aeroportos da China implantam o sistema de impressão de etiqueta de bagagem. Outra área com desenvolvimento significativo é a de autoembarque, em que 35% dos aeroportos têm implementado, acima dos 8% em 2013.

Os investimentos dos aeroportos em novos meios de comunicação mostram um forte desejo em oferecer ao cliente um serviço mais personalizado, através da interação direta. E os aeroportos da China demonstram sucesso nessa área. Mais da metade (53%) considera os investimentos em mídia social como um desempenho bom, ou acima das expectativas, para a fidelidade do cliente. Em particular, os aeroportos estão fazendo uso das mídias móveis e sociais para se comunicar com os passageiros em momentos de interrupção. Até o final de 2017, 94% dos aeroportos da China vão utilizar o serviço de notificação em tempo real via mídia social e móvel.

Em torno de 85% dos aeroportos chineses que participaram do estudo aumentaram ou mantiveram igual o orçamento total para a área de TI em 2014. Grande parte desse valor é voltada para o desenvolvimento de infraestrutura de apoio ao aeroporto, visando ao crescimento futuro de passageiros. Mais da metade (54%) investe em TI para expandir os terminais do aeroporto, 50% para novos terminais e 44% para reformas.

* Mais detalhes sobre a pesquisa estão disponíveis nesse link. Visualizações personalizadas ​​de dados de todas as pesquisas da SITA podem ser acessadas no IT Trends Hub.



fonte: Ideia Casada
SHARE
Banner

Comentar: