Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Jato da NASA tem telescópio de 17 toneladas a bordo


Na manhã no dia 28 de junho, um Boeing 747 descia no aeroporto de Hamburgo, na Alemanha. Dentro dele, apenas um grande e pesado passageiro, o SOFIA.

A sigla é a junção das inicias em inglês de Observatório Estratosférico para Astronomia em Infravermelho. É um projeto que une a NASA e Centro Aeroespacial Alemão.

Dentro do Boeing 747 está um telescópio de 17 toneladas e 2,5 metros de altura. O avião é capaz de voar nos limites da atmosfera e dá uma visibilidade melhor ao telescópio do que se ele estivesse na superfície terrestre. 
Outra vantagem do SOFIA é que os astrônomos conseguem fazer ajustes mecânicos e programações nele com facilidade — mexer num telescópio do tamanho de um carro em pleno voo não é a coisa mais simples do mundo.

O projeto usa um Boeing 747SP, que foi desenvolvido na década de 70. Ele foi pensado para voar mais rápidamente e mais longe do que as outras versões do 747. O avião usado no projeto SOFIA tem autonomia de 12 horas e percorre mais de 12 mil quilômetros nesse tempo.

O avião é capaz de atingir mais de 13 quilômetros de altitude, voando além da troposfera. Com isso, fica acima de 99,8% de todo o vapor d’água da nossa atmosfera, o que melhora o seu funcionamento. 
Estar longe da umidade é um dos segredos para o bom funcionamento de telescópios. É por isso que boa parte dos grandes complexos de telescópios é construída nas áreas mais secas do planeta. O maior complexo da atualidade, o ALMA foi construído no meio do Deserto do Atacama, no Chile.

A expectativa do projeto é que o SOFIA siga em operação por mais 20 anos. Em março, o congresso dos Estados Unidos aprovou uma verba de 70 milhões de dólares para que o avião continue voando. 
https://www.facebook.com/infoaviacao
Desde o fim do mês passado, o SOFIA está na Alemanha passando por manutenção. Ele deve voltar a voar apenas em novembro. De acordo com a NASA, o esperado é que ele faça ao menos cem voos de observação em 2015.

fonte: portal exame
SHARE
Banner

Comentar: