Meu título conteúdo da página

.

.

Arquivo

Navigation

Austrália considera o F-35B

https://www.facebook.com/pages/InfoAviacao/183471105025270

O Ministro da Defesa da Austrália, David Johnston, disse ao jornal The West Australian que o governo está pensando em adquirir o modelo F-35B para uso a bordo de dois de seus LHDs.

A Austrália poderia comprar o F-35B “jet-jump” para uso a bordo dos novos navios de desembarque, dando ao país seu primeiro porta-aviões desde o início de 1980.

O ministro da Defesa David Johnston disse que o Governo estava pensando em comprar o modelo “B” do F-35. No mês passado, a Austrália se comprometeu a comprar 72 dos convencionais do modelo F-35A da fabricante de aeronaves dos EUA Lockheed Martin, a um custo de quase US$ 20 bilhões.

Mas o governo deixou a porta aberta para a compra de mais caças F-35 e o ministro disse que o F-35B está sendo considerado.

O F- 35B tem uma distância de decolagem curta e pode pousar verticalmente, assim como o lendário Harrier.

A Marinha britânica e os Fuzileiros Navais dos EUA estão comprando o F-35B para uso a bordo de seus porta-aviões.

Austrália está prestes a pôr em serviço dois navios de grande porte chamado ‘cais de desembarque de helicóptero’ (landing helicopter docks – LHD). Embora se assemelham a porta-aviões de pequeno porte, o Governo tem dito até agora eles serçao usados apenas para o emprego de helicópteros e tropas.

O senador Johnston disse que o F-35 a bordo de um LHD seria caro e tecnicamente desafiador, mas isso pode ser feito.

O último porta-aviões da Austrália foi o HMAS Melbourne em 1982.

O Comissionamento de um porta-aviões é considerado uma declaração estratégica e significativa do poderio militar de um país. A China recentemente lançou o seu primeiro porta-aviões. Os testes no mar estão sendo vigiados de perto.

O F-35B tem menos menor autonomia do que o F-35A devido aos complexos sistemas de jatos utilizados para permitir que ele pouse verticalmente. A variante B foi a mais atormentada por problemas. Os testes foram paralisados neste ano após rachaduras serem descobertas nas anteparas dos aviões.

O F-35 irá substituir a frota de aviões Hornet F/A-18A/B ‘legacy’ que deverá ser retirada em 2022 na Austrália.
 
http://www.glauciamendoza.com.br/
 




FONTE: The West Australian – Tradução: CAVOK
SHARE
Banner

Comentar: